Blog do Juca Kfouri http://blogdojuca.uol.com.br Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Desde 2005, é colunista da Folha de S.Paulo e do UOL. Sat, 24 Jun 2017 20:16:37 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Campo Dr. Sócrates Brasileiro será inaugurado dia 29 de julho http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/campo-dr-socrates-brasileiro-sera-inaugurado-dia-29-de-julho/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/campo-dr-socrates-brasileiro-sera-inaugurado-dia-29-de-julho/#respond Sat, 24 Jun 2017 20:16:37 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89431

]]>
0
O que atrapalha a delação de Marin http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/o-que-atrapalha-a-delacao-de-marin/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/o-que-atrapalha-a-delacao-de-marin/#comments Sat, 24 Jun 2017 14:16:43 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89417 O repórter Wanderlei Nogueira, da rádio Jovem Pan, informa que José Maria Marin resolveu fazer delação no próximo dia 6 de agosto para tentar se livrar de cumprir pena em regime fechado quando for julgado, no dia 6 de novembro.

De fato, ele tem prazo de até 60 dias antes do julgamento para dar com a língua nos dentes e tentar minimizar sua situação, já que seus advogados dão a condenação como certa.


O problema está em que ele demorou muito para decidir delatar, embora sua mulher, Neusa Marin, tenha insistido desde sua prisão para que o fizesse, e ele teria pouco a acrescentar depois que o dono da Traffic, J. Hawilla entregou todo o esquema que o envolve, além de Ricardo Teixeira e do Marco Polo que não viaja.

O que dificultará sobremaneira o aceite pela Justiça americana do que ele tem a dizer.

A situação de Ricardo Teixeira é diferente.

Também em negociação com as autoridades de Nova Iorque para contar o que sabe, o ex-presidente da CBF tem muito a acrescentar.

Já Marco Polo Del Nero tem motivos suficientes para não dormir porque tudo que quer Neusa Marin, abandonada por ele em Zurique quando o marido foi preso, é vê-lo em péssimos lençóis.

]]>
10
Aos odientos http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/aos-odientos/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/aos-odientos/#comments Fri, 23 Jun 2017 20:26:34 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89412 Já disse diversas vezes e vou escrever agora que admiro muito uma jornalista de Israel que diz só dormir feliz quando passa o dia criticada por judeus e árabes.

Sou igual.

Dou o dia por ganho quando alvo da intolerância de torcedores do meu time e dos demais.

Tem corintiano que acha que o time foi ótimo ontem, como palmeirense que exultou com a vitória sobre o Atlético Goianiense e assim por diante.


Mesmo que Fábio Carille e Cuca tenham dito, na entrevista coletiva após o jogo que, de fato, seus times não foram bem.

Aí tem alvinegro que diz que eu sou anti ou que procuro mostrar imparcialidade, mas que vivo elogiando o Palmeiras.

E tem alviverde que diz que só elogio o Corinthians e tenho inveja do time dele.

Ou que não falo de Itaquera, de Andrés Sanches, só da Leila Pereira.

Bastaria botar na área de pesquisa do blog para constatar como são opiniões seletivas.

Ah, sim, e tem quem só leia o título e xingue.

Felizmente são barrados na moderação, mas o Rafael Belattini me mostra alguns comentários em que os caras escrevem exatamente o que escrevi se queixando de que não o fiz. 

São a esmagadora minoria, ainda bem, mas servem como termômetro.

Só me resta agradecer os cliques dos odientos.

E dizer que torcer é uma coisa e fazer jornalismo é outra. 

Ah, já ia me esquecendo: também não concebo futebol sem brincadeira, sem gozação. Principalmente num blog.

Tenham uma boa noite. Eu terei…

]]>
35
Para alegrar o dia da rainha http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/para-alegrar-o-dia-da-rainha/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/para-alegrar-o-dia-da-rainha/#comments Fri, 23 Jun 2017 13:10:54 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89406

]]>
14
Gol de honra http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/gol-de-honra-2/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/gol-de-honra-2/#respond Fri, 23 Jun 2017 12:34:46 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89403 POR LUIZ GUILHERME PIVA

Comecinho de jogo.

– Volta!

Ele olhou espantado.

– Volta!

Era com ele mesmo.

Centroavante, retornava caminhando depois do ataque perdido. E iria somente até a intermediária do outro time, ou até o meio de campo, no máximo.

O rapaz gritava com ele:

– Volta pra marcar, porra! Vai ficar olhando?

Parou. Mais de dez anos jogando ali. Artilheiro. Capitão. Nunca ninguém ousara algo parecido. Nem técnico, nem torcida, muito menos jogador.

O rapaz, zagueiro, era novo no time. Filho de um morador recém-chegado ao bairro.

Não voltou. Pôs as mãos na cintura e ficou olhando. O rapaz foi envolvido pela tabela dos adversários, tentou bloquear o nove, chegou tarde, caiu, gol deles.

Levantou-se bufando e viu o centroavante lá na frente, assistindo. Foi andando firme em sua direção. Parecia decidido a enfrentá-lo.

Jogadores, torcida, juiz, técnicos, todo mundo olhando.

Parou na frente do centroavante. Ia abrir a boca para xingá-lo ao mesmo tempo em que movia as mãos para pegá-lo pela gola.

O centroavante foi mais rápido. Segurou o rapaz pelos punhos, apertou-os de forma dolorida, colou o rosto no dele e berrou:

– Sabe quando eu vou voltar pra marcar? Sabe? Nunca!

A saliva espirrou no rosto do rapaz. O veterano o empurrou violentamente.

– Aqui eu faço é gol! Vocês lá atrás marcam! E os do meio me passam a bola para eu fazer gol!

Pôs o dedo no meio dos olhos do rapaz.

– Entendeu?

O jovem olhou em volta. O silêncio de todos parecia dar razão ao centroavante.

Ainda tentou, intimidado:

– Mas, gente. Futebol moderno é assim. Todo mundo tem que ajudar na marcação. Senão dá nisso: gol deles. Não viram?

Ficou claro que não tinha entendido nada.

O outro zagueiro foi lá puxá-lo de volta. Mas ele ainda insistia:

– É jogo coletivo, gente.

O pai dele, do lado de fora, abaixou a cabeça, entrou em campo, pegou-o pelo braço:

– Vem, filho, vamos embora,

– Mas, pai.

– Vamos, filho, vamos.

Virou-se para o centroavante:

– Desculpa aí. Ele é novo. Fica vendo esses jogos na TV. Desculpa.

Não tinha ninguém para entrar no lugar dele. Jogaram o tempo todo com dez. E o centroavante seguiu sem voltar para marcar.

Perderam feio: seis a um.

Mas o gol foi dele.
______________________________
Luiz Guilherme Piva publicou “Eram todos camisa dez” (Editora Iluminuras).

]]>
0
Grêmio x Corinthians, o jogo do Brasileirão http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/__trashed-3/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/__trashed-3/#comments Fri, 23 Jun 2017 09:55:50 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89235

Neste domingo, pela décima rodada do Brasileirão, a Arena Grêmio receberá o jogo mais importante até agora deste campeonato.

Líder e vice-líder se enfrentarão, com ligeiro favoritismo para os donos da casa, até porque os gaúchos têm larga vantagem sobre os paulistas no confronto direto pelo Brasileirão.

São 26 vitórias, 19 derrotas e 12 empates.

Na Arena Grêmio, quatro jogos e só vitórias.

No velho Olímpico, 15 vitórias, apenas cinco derrotas e quatro empates.

Até no Morumbi o Grêmio ganha de 4 a 2, com três empates.

Só no Pacaembu a vantagem é fartamente corintiana, por 11 a 3, com dois empates.

Na Arena Corinthians, uma vitória alvinegra e dois empates.

Os dados são do “Almanaque do Timão”, de Celso Unzelte.

Os dois venceram seus adversários ontem à noite, o Corinthians ao fazer 3 a 0 no Bahia e o Grêmio ao ganhar de 2 a 0 do Coritiba.

Os dois Mosqueteiros estão prontos para um duelo que não será de capa e espada, mas de ataque contra defesa.

O melhor ataque do Brasileirão, o do Grêmio, com 23 gols em nove jogos, mais de dois por jogo, contra a melhor defesa, a do Corinthians, apenas cinco gols sofridos, menos de um por partida.

O Corinthians está um ponto à frente do Grêmio.

Jogaço!

Comentário para o Jornal da CBN desta sexta-feira, 23 de junho de 2017, que você ouve aqui.

]]>
16
Nona rodada confirma os líderes http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/nona-rodada-confirma-os-lideres/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/nona-rodada-confirma-os-lideres/#comments Fri, 23 Jun 2017 02:30:20 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89387 Corinthians e Grêmio, líder e vice-líder do Brasileirão, com apenas um ponto de diferença, confirmaram, em casa, como era de se esperar, suas posições na nona rodada do campeonato.


Amanhã descansam, no sábado treinam e o Corinthians viaja para Porto Alegre para o grande embate do domingo.


Na nona rodada só dois visitantes se deram bem, o Santos e o Fluminense, e houve apenas um empate, no Horto.

Foram 27 gols e média de público de 16 mil torcedores por jogo.

O primeiro quarto do torneio está ficando para trás.

Falta muuuuito para terminar.

]]>
4
Grêmio implacável e show de Diego e Guerrero http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/gremio-implacavel-e-show-de-diego-e-guerrero/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/gremio-implacavel-e-show-de-diego-e-guerrero/#comments Fri, 23 Jun 2017 01:53:23 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89374 Antes do 10º minuto na Arena Grêmio, com  21.095 torcedores,  o Tricolor gaúcho abriu o placar com Pedro Rocha ao ganhar a dividida com Dodô e fuzilar.

Era tudo que o Grêmio queria, até porque o Coritiba anda com uma dificuldade tremenda de fazer gols, apenas nove em nove jogos e isso porque fez quatro no Atlético Goianiense na estreia.

Depois, literalmente, o Grêmio, cozinhou o time paranaense.


Às vezes exigia boas defesas do goleiro coxa, enquanto Marcelo Grohe não tinha trabalho.

Ainda no primeiro tempo, Barrios teve a chance claríssima do segundo gol, mas Wilson impediu com grande defesa.

No segundo tempo os anfitriões seguiram na mesma toada, como se poupassem para o jogo contra o Corinthians, quando podem assumir a liderança.

Risco mesmo o Imortal só correu um, mas a defesa impediu antes que o ataque coxa finalizasse.


Mais para o fim do jogo, o Grêmio forçou um pouco mais, criou diversas chances até Fernandinho liquidar a fatura e fazer 2 a 0.

Nem a defesa coxa é mais a melhor do campeonato.


Enquanto isso, na Ilha do Urubu (13.436 pagantes), o Flamengo goleou a Chapecoense, com atuação convincente.

Seus dois primeiros chutes a gol entraram, num golaço de Diego de fora da área e outro de Guerrero, servido por Diego, aos 13 e aos 18 minutos de jogo.

No segundo tempo a Chape descontou, numa cobrança de lateral que o goleiro Thiago soltou para Victor Ramos fazer 1 a 2.

O Flamengo nem ligou.

Num rebote de bola de Willian Arão, Guerrero fez 3 a 1, para em novo golaço Diego ampliar e Guerrero, de cabeça, fazer 5 a 1.

Fácil, extremamente fácil.

]]>
4
Timão vence aos trancos e barrancos http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/timao-vence-aos-trancos-e-barrancos/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/timao-vence-aos-trancos-e-barrancos/#comments Fri, 23 Jun 2017 00:23:05 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89361 Quem primeiro criou uma grande chance de gol na Arena Corinthians, com 34.250 pagantes, foi o Bahia, num tirambaço de Zé Rafael, de dentro da área, para excepcional defesa de Cássio, aos 6 minutos.

O Bahia prometia ser visitante tão indigesto em São Paulo como em Porto Alegre, contra o Grêmio, quando só perdeu no fim do jogo.

O Corinthians respondeu quatro minutos depois, quando em belíssimo contra-ataque tramado por Jadson e Jô, Rodriguinho foi travado na hora de fazer o gol.

Depois, aos 23, em novo contra-ataque, Romero deu para Jô desperdiçar incrivelmente, daqueles gols que o torcedor fica reclamando se o jogo seguir duro.

Mas não deu tempo para reclamar.

No lance seguinte, Jadson deu para  Fagner, numa interessante inversão de posições, este enfiou para Jô driblar o goleiro e fazer 1 a 0, em belo gol.


Ou seja, o tempo que seria gasto para comemorar o primeiro gol perdido por Jô serviu para que ele se redimisse completamente.

Gabriel destoava ao receber o terceiro cartão amarelo que o exclui do jogo contra o Grêmio e seguia exagerando nas faltas.

Na verdade, tomou um cartão exagerado e deixou de tomar um segundo que seria merecido, mas o assoprador de apito tremeu.

O Corinthians se aproveitava dos espaços deixados pelo Bahia e mais uma vez tanto Rodriguinho quanto Jô perderam a chance de ampliar aos 32, em mais um contra-ataque.

Vez por outra o tricolor incomodava, principalmente com chutes de fora da área, fruto do bom futebol que tem jogado, exceção feita à derrota para o Palmeiras, na Fonte Nova.

Allione armava os melhores ataques, justamente ele que, por pertencer ao Palmeiras, não pôde jogar em Salvador.

O primeiro tempo terminou tão equilibrado como começou. 

E o segundo começou com o Bahia na pressão, tanto que em menos de oito minutos conseguiu quatro escanteios.

O Corinthians voltava a viver perigosamente ao sustentar uma vitória magra e aceitar que os visitantes propusessem o jogo.

Aos 10 minutos, o assoprador teve, enfim, peito para expulsar Gabriel só que, aí, sem que o corintiano sequer tivesse feito falta alguma. Bizarro!

Se 11 contra 11 o Tricolor estava melhor, imagine com um a mais.

Só que, aos 14, Renê Júnior também foi expulso pelo segundo cartão, num choque casual, cabeça contra cabeça, com Fagner. 

Típica compensação do assoprador banana, porque um erro não justifica o outro.

Gustavo, tatuado com a camisa corintiana, entrou no lugar de Allione, aos 19.

Só aos 20, finalmente, o Corinthians voltou a frequentar a área baiana.

Como no segundo tempo diante do Cruzeiro e no jogo todo contra o Coritiba, o líder invicto ganhava sua sétima partida em nove jogos e jogava mal, muito mal.

Aos 23, Fábio Carille revelou seu descontentamento ao trocar Jadson por Marquinhos Gabriel.

Aos 30, saiu Rodriguinho e entrou Camacho, para fechar ainda mais. 

Em casa, contra um adversário teoricamente inferior, o Corinthians assumia sua impotência.

Mas, aos 33, Fagner bateu escanteio, Romero desviou no primeiro pau e Balbuena aproveitou para fazer 2 a 0, desajeitadamente, com a bola batendo em suas pernas.

Aí, virou festa e até Kazim entrou no lugar de Jô, embora o Corinthians tenha tido mais sorte que juízo.

Terá de jogar muito mais contra o Grêmio no domingo, em Porto Alegre.

Jean não fez nenhuma defesa no jogo todo. As três bolas que foram no gol baiano entraram.


Sim, as três, porque logo depois de Kazim chutar o terceiro gol para fora, Marquinhos Gabriel desarmou o volante Feijão e tocou por cima do goleiro tricolor, os 48.

Dá para reclamar de um 3 a 0?

Pois dá. E não mostrou o que o jogo foi. 


Em Campinas, com 4.717 pagantes, Lennon fez pênalti em Lucca, o artilheiro mesmo bateu para fazer 1 a 0 para a Ponte Preta contra o Cruzeiro, no primeiro tempo, placar final e problema para Mano Menezes.

]]>
57
EBC proibiu comentários políticos em jogos da Seleção http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/ebc-proibiu-comentarios-politicos-em-jogos-da-selecao/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/06/ebc-proibiu-comentarios-politicos-em-jogos-da-selecao/#comments Thu, 22 Jun 2017 20:14:01 +0000 http://blogdojuca.uol.com.br/?p=89353 Ao assinar contrato com a TV Brasil, a CBF deu margem para a utilização da Lei do Acesso à Informação, o que fez o companheiro Lúcio de Castro em seu excelente blog “Sportlight“.

Leia AQUI.

]]>
7