Blog do Juca Kfouri http://blogdojuca.uol.com.br Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Desde 2005, é colunista da Folha de S.Paulo e do UOL. Mon, 27 Mar 2017 00:31:53 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=4.7.2 Assopradores do apito estragam dois clássicos brasileiros http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/assopradores-do-apito-estragam-dois-classicos-brasileiros/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/assopradores-do-apito-estragam-dois-classicos-brasileiros/#comments Sun, 26 Mar 2017 23:56:50 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86665 São Paulo e Corinthians empataram 1 a 1 no Morumbi com quase 52 mil torcedores.

Flamengo e Vasco empataram 2 a 2 no Mané Garrincha com quase 30 mil.


Oitenta e dois mil torcedores que poderiam ir à delegacia do consumidor mais próxima e reclamar dos assopradores de apito paulista e carioca.

Porque em São Paulo o assoprador não teve peito para expulsar, primeiramente,  o são-paulino Wellington Nem que deu uma voadora criminosa no corintiano Léo Jabá.

Depois, o assoprador banana deixou de expulsar o corintiano Pablo.

Em seguida, mais uma vez Nem fez falta digna de expulsão e o assoprador nem aí.

Para terminar, já no fim do jogo, ele expulsou Nem sem motivo.

Já em Brasília foi ainda pior, porque o assoprador transformou uma bola na barriga de Renê, do Flamengo, numa barrigada dele, assoprador do apito, ao marcar pênalti nos acréscimos e decretar o empate no clássico.

Antes ele levara uma peitada suave de Luís Fabiano e a dramatizou como se tivesse levado uma peitada violenta.

Expulsou o vascaíno com correção, mas vai concorrer ao Oscar de ator coadjuvante, embora tenha sido o protagonista principal por mudar o placar do jogo.

Uma lástima!

Torcedor mereceria indenização por danos morais e materiais.

]]>
4
Duas peitadas fabulosas e uma barrigada no Clássico dos Milhões http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/duas-peitadas-fabulosas-e-uma-barrigada-no-classico-dos-milhoes/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/duas-peitadas-fabulosas-e-uma-barrigada-no-classico-dos-milhoes/#comments Sun, 26 Mar 2017 23:43:45 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86663 Aos 16 minutos de jogo, Luís Fabiano peitou Réver, roubou-lhe a bola, deu-a para Nenê que a pôs nos pés de Pikachu fazer Vasco 1 a 0 no Mané Garrincha, 28 mil torcedores e muita chuva.


O Flamengo estava devagar e o Vasco aceso.

Aos 9 minutos do segundo tempo o Fabuloso atropelou Márcio Araújo, peitou o assoprador de apito, que dramatizou o toque, e foi expulso.

A sorte dele está no comando de Eurico Miranda na Ferj, porque, se não, o gancho seria enorme.

Quem contrata Luís Fabiano contrata junto o risco que os são-paulinos conhecem bem.

No primeiro clássico dele, a primeira expulsão.

O Mengo tomou conta do jogo.

Onze contra 10, aos 14, William Arão, em cobrança de escanteio, empatou. 

Seis minutos depois, Berrío deu uma comida brilhante em Henrique e soltou um foguete para virar o Clássico dos Milhões para 2 a 1.

Só dava Flamengo na capital federal, muito mais perto de fazer o terceiro gol do que de levar o empate.

Só que, aos 43, Douglas mandou uma bomba no travessão rubro-negro, fruto de uma falta desnecessária de Marcelo Cirino que acabara de entrar.

O Vasco foi para pressão e conseguiu que o assoprador de apito visse mão numa bola que claramente bateu na barriga de Renê e marcou um pênalti pornográfico.

Nenê bateu e empatou.

Só mais um escândalo dos assopradores de apito pelo país afora.

]]>
6
Empate justo no Morumbi http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/empate-justo-no-morumbi/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/empate-justo-no-morumbi/#comments Sun, 26 Mar 2017 20:53:48 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86658 Aos 30 minutos do clássico num Morumbi ensolarado e tomado pela torcida tricolor (quase 52 mil pessoas) aconteceu a primeira defesa de um goleiro.

No caso, de Renan Ribeiro, que se firma como titular do São Paulo, em chute de fora da área de Rodriguinho.

Os anfitriões queriam atacar e os visitantes defender, embora Cássio não tenha feito nem sequer uma defesa durante todo o primeiro tempo.


Sim, até então não passava de um Majestosinho no Paulistinha, o clássico mais fraco dos cinco anteriores no campeonato estadual até agora.

Deveremos ter mais nas semifinais, entre Palmeiras e Santos e mais dois Corinthians e São Paulo, se nenhum acidente acontecer nas quartas de final.

O segundo tempo começou diferente.

Arana quase abriu o placar e Luís Araújo exigiu a primeira defesa de Cássio, na chance mais clara de gol, ainda antes do terceiro minuto.


Aos 5, Maicon, de cabeça, abriu o marcador, em cobrança de escanteio: São Paulo 1, Corinthians 0, em falha de Cássio.

Enfim, tinha jogo.

O gol premiava quem, ao menos, o buscava, mesmo sem Cueva e Pratto, desfalques muito mais importantes que Fagner e…Romero.

Aos 17, Léo Jabá entrou no lugar do menino Pedrinho, seis por meia dúzia.

No minuto seguinte, Arana encontrou Jô livrinho na área e o Corinthians empatou.


O São Paulo fizera um gol como sempre e tomava outro também como sempre.

Mais que um, no entanto, o Corinthians não está habituado a fazer.

Wellington Nem entrou violentamente em Léo Jabá e deveria ter sido expulso, aos 23. Levou só o cartão amarelo.

Aos 26, Chávez substituiu Gilberto. 

Aos 30, Pablo deveria ter levado o segundo cartão amarelo. Mas o assoprador de apito amarelou e não amarelou, entende?

Em seguida, Wellington Nem pegou Arana e deveria ter sido expulso outra vez. Que coisa!


De camisa amarela, o assoprador é um banana.

Luís Araújo foi trocado por Neílton e Rodriguinho por Camacho, aos 36 e 37.

Rogério Ceni queria vencer e Fábio Carille se contentava com o empate.

Por lesão, Arana saiu e Moisés entrou.

Aos 42, Jabá pisou na bola na hora de virar o jogo e em seguida, Cássio defendeu o que seria o gol da vitória são-paulino.

Aos 48, o assoprador expulsou Nem quando nem era o caso. Um lambão!

São cinco jogos sem vitórias dos dois times depois de mais um empate, embora justo.

E só o Corinthians não perdeu clássicos até agora. Mas importante mesmo será não perder nas finais.

]]>
42
Majestosinho no Paulistinha http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/majestosinho-no-paulistinha/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/majestosinho-no-paulistinha/#comments Sun, 26 Mar 2017 02:03:06 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86645 Dois times sem vitórias há quatro jogos.

O Morumbi com torcida única e mais gente do que deveria se fosse mesmo um Majestoso.

A venda antecipada é de 42 mil ingressos.


O Tricolor sem Cueva e Pratto.

O Alvinegro sem Fagner porque Romero não é desfalque, é ausência que vale como reforço.

Um clássico esvaziado em que tudo pode acontecer, inclusive nada.

Os anfitriões ganharam do Santos na Vila e foram triturados pelo Palmeiras, também fora de casa.

Os visitantes venceram, em casa e com 10, o Alviverde, além do Santos, sempre por 1 a 0.

O resultado é mais importante para o São Paulo, ainda na luta pelo primeiro lugar em seu grupo, do que para o Corinthians.

Os clássicos em regra, são maiores que o Paulistinha.

Este não. É, pelas circunstâncias, do tamanho do campeonato.

A menos que haja um resultado ou uma atuação sensacional.

Aguardemos.

]]>
18
Palmeiras, enfim, só empata http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/palmeiras-enfim-so-empata/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/palmeiras-enfim-so-empata/#comments Sat, 25 Mar 2017 20:51:48 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86635 No primeiro tempo o Audax mostrou ao misto do Palmeiras que continua com seu jogo ao estilo de seu treinador, mas, claramente, sem substitutos à altura dos talentos do ano passado. 

Só por isso o 0 a 0 não saiu do placar tantas vezes envolveu a defesa palmeirense e, no fim, Roger Guedes fez 1 a 0, ao pegar o rebote de arremate de Michel Bastos.


No segundo tempo o panorama mudou.

O Palmeiras se impôs com mais vontade.

Quando tudo indicava que ampliaria a vantagem o Palmeiras sofreu o empate, num gol achado  de Betinho que furou a rede lateral do arco alviverde.

Não demorou muito e Willian, caído, pegou o rebote de um chute dele mesmo e colocou o líder do Paulistinha outra vez na frente, diante de ótimos 27.853 pagantes.

Willian, um pouco antes, já havia acertado o travessão do Audax.

Mas, aos 35, Léo Arthur, surpreendentemente, em contra-ataque, fez belíssimo gol ao encobrir o goleiro Jaílson.

Willian, em tarde inspirada, quase fez o terceiro, aos 39, em defesa do goleiro Felipe.

O primeiro empate palmeirense em 11 jogos, com oito vitórias e duas derrotas.

Não muda nada na vida do campeão brasileiro. 

]]>
19
Copete muda o jogo para o Santos http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/copete-muda-o-jogo-para-o-santos/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/copete-muda-o-jogo-para-o-santos/#comments Sat, 25 Mar 2017 19:57:52 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86630 O jogo contra o Santo André, no ABC, já corria há mais de uma hora e pouco mais de 9 mil torcedores viam um jogo morno, em que o Santos parecia não entender que vencer era essencial para não correr riscos de ficar fora das finais do Paulistinha.


Aí a torcida passou a pedir Copete e Dorival Júnior, sábio, atendeu e o colocou no lugar de Bruno Henrique, numa tarde em que Ricardo Oliveira perdeu dois gols como não está habituado.

Um deles em jogada exatamente de Copete.

Foi então que, aos 29 do segundo tempo, 10 minutos depois de ter entrado, Copete fez o gol do 1 a 0 em jogada todinha de Lucas Lima, culminada na cabeça do colombiano.

O bastante para deixar o Santos tranquilo na liderança do seu grupo.

Mas não foi uma exibição como o time peixeiro é capaz.

Deu só pro gasto.

]]>
2
Um deputado e um treinador contra o golpe da CBF http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/um-deputado-contra-o-golpe-na-cbf/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/um-deputado-contra-o-golpe-na-cbf/#comments Fri, 24 Mar 2017 21:50:16 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86609 O repórter Silvio Barsetti ouviu o deputado Otávio Leite e relatou no portal Terra:

“Relator da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte (LRFE), o deputado federal Otávio Leite (PSDB-RJ) disse que a CBF “deu um golpe e cometeu uma radical ofensa ao espírito que norteou a elaboração da lei”, ao realizar assembleia na quinta (23), para alterar seu estatuto, sem a participação dos 40 clubes das Séries A e B do Brasileiro.


Ele afirmou que já entrou em contato com a Consultoria da Câmara Federal “para impedir o retrocesso”. “Óbvio que foi uma manobra da CBF. E foi ilegal. Qualquer assembleia dela tem que reunir os 40 clubes com as federações. Vamos ver agora qual o melhor remédio jurídico para reparar isso. Não vamos aceitar esse golpe.”


Paulo Autuori, treinador do Atlético Paranaense, endossou os protestos contra o golpe:

“Estou muito preocupado com o Del Nero e a possibilidade de ele ficar até 2027.  É acintosa a maneira como a CBF faz as coisas. E, uma vez mais, vamos separar o brilhante trabalho que o Tite e sua equipe têm feito com o futebol brasileiro. Del Nero as coisas no dia do jogo. A vulgarização do futebol está nisso. No dia do jogo da Seleção Brasileira, tivemos jogos do Campeonato Paulista, Fluminense e Botafogo, ou seja, com públicos pequenos. Ele nem avisou a imprensa que teria a situação na CBF e deu mais poder às federações e ainda vêm falar em democracia? Pô, eles pensam que nós somos otários”.

]]>
28
Conheça 5 motivos que fazem de Paulinho a sensação do momento na China http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/conheca-5-motivos-que-fazem-de-paulinho-a-sensacao-do-momento-na-china/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/conheca-5-motivos-que-fazem-de-paulinho-a-sensacao-do-momento-na-china/#comments Fri, 24 Mar 2017 19:30:21 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86618 Paulinho mais uma vez desmentiu em campo a tese de que os jogadores que atuam na China perdem competitividade e nível técnico. 


Junto a Renato Augusto e Gil forma o trio de “chineses” da Seleção de Tite. Mesmo que a relação de confiança com o técnico da Seleção na época do Corinthians seja importante, é o futebol dentro de campo que gabaritou o volante a conquistar a titularidade na Seleção que está virtualmente classificada à Copa da Rússia ano que vem.

Contra o Uruguai, Paulinho fez uma partidaça. Com o triplets, o atleta do Guangzhou Evergrande, treinado pelo pentacampeão Felipão, tornou-se o volante com mais gols com a camiseta verde e amarela. São nove em 38 jogos.


Conheça cinco motivos que transformaram Paulinho no “cara” do momento no futebol chinês.

1 – Paulinho atua no melhor clube da China

 
O Guangzhou Evergrande domina o futebol chinês. É o atual hexacampeão consecutivo nacional, campeão da Copa da China em 2016 e da Supercopa nacional em 2017. Conquistou em 2015 a Champions League asiática. Junto aos brasileiros Ricardo Goulart e Alan, Paulinho é parte da engrenagem do time. As condições de trabalho e o nível de exigência estão acima da média do futebol chinês.

 
2 – A confiança do professor lá e aqui

 
É inegável que o trabalho com Tite no Corinthians campeão da América e do Mundo proporciona a Paulinho uma vantagem importante. Ao ser chamado, recompensou a confiança com bom futebol e gols importantes. Paulinho também é homem de confiança de Felipão e peça-chave no time. Tanto que o clube do Cantão renovou seu contrato até dezembro de 2020.

 
3 – Gols decisivos

 
Paulinho auxilia na marcação, na construção de jogo e ainda marca gols decisivos. Desde o gol da classificação contra o Vasco nas quartas-de-final da Libertadores de 2012 até os três gols que determinaram a goleada brasileira contra o Uruguai, o volante demonstra ter estrela.

Fez o gol do empate na partida que confirmou o título chinês em 2016, fez um dos gols na final da Copa da China no mesmo ano e fez o gol do título da Supercopa da China em 2017.

Nas eliminatórias marcou contra Argentina e Uruguai. A celeste olímpica, inclusive, foi eliminada nas semifinais da Copa das Confederações de 2013, com gol de Paulinho.

 
4 – Brasil, Premier League e China

 
Aos 28 anos, Paulinho está em grande fase na carreira, talvez a melhor. O atleta jogou e foi campeão no Corinthians. Viveu rica experiência na Premier League ao jogar pelo Tottenham, ao lado e contra grandes jogadores de nível mundial. Sua experiência no futebol chinês, além das boas atuações, trouxe uma nova experiência de vida e cultural ao atleta, tornando-o mais capaz de adaptar-se a diferentes situações.

 
5 – Preparação especial para fazer história

 
Paulinho sabe a oportunidade que tem pela frente: ser titular em uma Copa do Mundo com uma Seleção cada vez mais preparada para a disputa do título. A possibilidade de entrar na história do futebol mundial é a principal motivação do jogador. Como todos os atletas estrangeiros e de alto nível no futebol chinês, Paulinho tem sua preparação física e técnica além das cargas de treino no clube. Isso tem feito a diferença como vimos nas suas atuações na Seleção Brasileira.

http://chinabrasilfutebol.com.br/noticias/conheca-5-motivos-que-fazem-de-paulinho-a-sensacao-do-momento-na-china

]]>
13
Tite para presidente http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/tite-para-presidente/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/tite-para-presidente/#comments Fri, 24 Mar 2017 17:22:02 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86605 Se há uma unanimidade no Brasil hoje em dia é sobre a competência de Tite.

O técnico da Seleção Brasileira tem defeitos, é claro, e pecou ao assinar o abaixo-assinado contra o Marco Polo que não viaja para depois aceitar ser funcionário dele, embora com carta branca.


Mas conseguiu a proeza de recuperar a Seleção da noite para o dia, não apenas porque a levou a sete vitórias consecutivas nas eliminatórias, mas porque com futebol que dá gosto ver.

Na crise atual de representatividade no país, em que é raro achar algum político fora da Lava Jato, Tite seria a solução, com Paulinho na Fazenda e Neymar na Cultura, além de Gabriel Jesus na Justiça e Casemiro na Saúde.

Em 1982, o jornalista Alberto Dines lançou Telê Santana para a presidência.

Não foi ouvido.

Deu no que deu.

Deu no Sarney…

]]>
19
A CBF não merece a Seleção Brasileira http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/a-cbf-nao-merece-a-selecao-brasileira/ http://blogdojuca.uol.com.br/2017/03/a-cbf-nao-merece-a-selecao-brasileira/#comments Fri, 24 Mar 2017 09:55:20 +0000 https://blogdojuca.uol.com.br/?p=86593 Nem o mais Pacheco dos Pachecos diria que a Seleção Brasileira ganharia da uruguaia por 4 a 1 em Montevidéu.

Pois ganhou e se você foi dormir sem saber o resultado do jogo, acredite: 4 a 1 com três gols de Paulinho, sim, três gols de Paulinho e um golaço de Neymar, por cobertura.


Noite histórica para a Seleção Brasileira, sétima vitória seguida do time de Tite nas eliminatórias, marca jamais atingida, e no Estádio Centenário lotado onde o Uruguai vinha de seis vitórias seguidas.

Se a noite foi gloriosa dentro de campo, a tarde, na sede da CBF, a Casa Bandida do Futebol, foi deprimente.

Sem nenhum pudor, uma assembleia geral, só com as federações estaduais, mudou o peso dos votos dos filiados e passou a dar peso 3 às federações, de modo a tornar impossível que alguém se eleja presidente da entidade sem a aprovação delas.

Trocando em miúdos: 27 federações valem 81 votos e 40 clubes valem 60, os 20 da Série A com peso 2 e os 20 da Série B com peso 1.

Trocando ainda mais em miúdos: a federação do Amapá vale mais que o Flamengo, ou as federações do Amapá e de Brasília juntas, sem clube algum nas divisões principais do futebol brasileiro, têm seis votos, contra quatro de Flamengo e Corinthians juntos, os dois clubes mais populares do Brasil.

Definitivamente, a CBF não merece a Seleção.

Tite não tem nada a ver com o Marco Polo que não viaja, Neymar não tem nada a ver com o Coronel Nunes, Paulinho não tem nada a ver com o secretário-menor Walter Feldman.

Um dia o torcedor brasileiro vai manifestar sua indignação na rua e nos estádios contra a CBF, como já é capaz de fazer contra governos que o infelicitam.

Comentário para o Jornal da CBN desta sexta-feira, 24 de março de 2017, que você ouve aqui.

]]>
36