PUBLICIDADE
Topo

Blog do Juca Kfouri

No duelo de treinadores gigantes, os Vitor fazem a vitória ao Furacão

só para assinantes

Juca Kfouri

02/07/2022 21h56

Nos bancos, dois dos maiores treinadores da centenária história do Palmeiras.

Em campo um menino de 17 anos chamado Vitor Roque.

No duelo entre Abel Ferreira e Felipão, prevaleceu a marcação do Furacão, que só permitiu duas chances reais de gol ao Palmeiras, uma com Rapahel Veiga e outra com Gustavo Scarpa.

E o Athletico também criou duas grandes chances, ambas com Vitor Roque, a primeira salva por Weverton e a segunda inapelável, com o menino fazendo 1 a 0, aos 35 minutos de jogo.

Abel Ferreira que torceu muito por Felipão quando o brasileiro dirigiu a seleção portuguesa, foi para o vestiário no intervalo dando tratos à bola: o que fazer para ganhar do velho?

Sair atrás e virar não é novidade para o Palmeiras nesta temporada.

E amparado por 39 mil vozes, o Alviverde voltou com a faca entre os dentes para disputar o segundo tempo.

O gramado, artificial, é familiar aos paranaenses não é de hoje e, então, era a bola quem tinha de fazer a diferença.

Impaciente, Abel Ferreira andava pra lá e pra cá na área técnica e Felipão a tudo via com a segurança de quem sabe o que faz e um erro de Zé Rafael quase permitiu o 2 a 0 a Rômulo, em arremate salvo por Piquerez.

Mas, com a mão!

Pênalti!

Aos 12' Vitor Bueno bateu e fez Furacão 2, Periquito 0.

Navarro, Atuesta e Veron imediatamente foram chamados para jogarem nos lugares de Rony, Zé Rafael e Raphael Veiga.

Aos 16', por duas vezes, Danilo quase diminuiu.

O jogo era muito, mas muito interessante.

Ver o Palmeiras correndo atrás de diminuir o prejuízo é coisa raríssima, e o Alviverde corria com criatividade e abnegação.

Na 15ª rodada, o Palmeiras perdia pela segunda vez, e em casa, como na 1ª, para o Ceará.

Já o Furacão assumia a vice-liderança a apenas dois pontos do Verdão e, atrevidamente, ainda sem o grande reforço de Fernandinho.

Gabriel Menino e Gustavo Garcia nos lugares de Mayke e Danilo, aos 25'.

Erick teve a chance do 3º gol.

Léo Cittadini e Pedrinho nos lugares de Canobbio e Hugo Moura e Christian no lugar de Vitor Bueno.

Aos 34', Bento evitou duas vezes o primeiro gol palmeirense, numa delas de Navarro em rebote e, no mesmo minuto, Menino desperdiçou gol imperdível, em passe de Dudu.

Parecia daquelas noites em que a bola verde não queria entrar.

A torcida sofria na casa verde como há muito tempo não acontecia.

Terans e Cirino nos lugares de Vitor Roque e Rômulo, aos 42', o Furacão tem bala para gastar.

Eis que, aos 45', Terans faria o 3 a 0 e Menino o derrubou na entrada da área para ser expulso. Faltavam ainda 7 minutos de acréscimos.

O Athletico sai de São Paulo com uma vitória formidável, em jogo em que o Palmeiras fez de tudo e mais um pouco, mas foi insuficiente.

Bento ainda evitou gol em bola desviada, aos 49'. Não era mesmo noite de a bola entrar depois de 35 finalizações, sete entre as trave

O Brasileirão segue embolado e o Palmeiras perdeu a chance de abrir cinco pontos para o vice-líder.

A torcida reconheceu o esforço e aplaudiu o time ao fim do jogo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/jucakfouri/

Blog do Juca Kfouri