PUBLICIDADE
Topo

Blog do Juca Kfouri

A compreensível, mas triste, repercussão da entrevista de Richarlyson

só para assinantes

Juca Kfouri

25/06/2022 11h42

Em pleno século 21 uma figura pública como o ex-jogador Richarlyson diz que é bissexual e a repercussão é enorme.

Compreensível o barulho, porque ainda é absurda a blindagem em certos setores da sociedade sobre a orientação sexual das pessoas, como se fosse da conta de alguém com quem fulano transa, com quem beltrana vive.

Não é incrível este país dar mais importância à sexualidade que ao caráter de 1/3 do eleitorado do sociopata admirador de torturadores?

Pense sobre a diferença de um homem beijar outro homem, uma mulher beijar outra mulher e um homem torturar outro homem ou uma mulher torturar outra mulher.

Pense na diferença entre o amor e o ódio.

Enfim, viva Richarlyson!

Fora Bolsonaro!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/jucakfouri/

Blog do Juca Kfouri