PUBLICIDADE
Topo

Blog do Juca Kfouri

Com Rapahel Veiga e Danilo em campo não tem placar em branco

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juca Kfouri

18/05/2022 20h51

A Linha do Equador todo mundo conhece. A defesa é que ninguém conhecia e hoje foi apresentada ao Palmeiras.

Verdade que ao misto do Palmeiras, que só lançou mão de Raphael Veiga e Dudu aos 66 minutos do jogo contra o Emelec que queria porque queria o ponto na casa verde, essencial para sua classificação.

Até ali o 0 a 0 era mantido a ferro e fogo na noite paulistana tão gelada que a ausência de participação de Weveton na partida o expunha a pegar bela gripe.

Mas oito minutos depois, aos 74', Raphael Veiga bateu escanteio pela esquerda, Navarro fez a casquinha e Danilo, o iluminado, aproveitou o desvio para fazer mais um gol, o terceiro seguido dele desde que Tite o convocou para a Seleção, três jogos atrás.

Se em Guayaquil o 3 a 1, também poupando titulares, não havia sido fácil, em São Paulo também não era, mas o 1 a 0 bastava para manter a campanha 100%, 21 gols marcados, apenas dois sofridos, em cinco jogos.

Só aos 83', Weverton teve trabalho, e fez ótima defesa em arremate de Zapata, para evitar o empate que seria baita injustiça diante de mais de 32 mil torcedores, mesmo com 10 graus em São Paulo.

Como próximo adversário é o Deportivo Táchira, de novo na casa verde, alguém duvida dos 18 pontos que garantirão a melhor campanha na Libertadores?

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/jucakfouri/

Blog do Juca Kfouri