PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Ecos da sensacional rodada da Champions

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juca Kfouri

23/11/2021 19h40

Embaixo de uma nevasca impressionante em Kiev, o Dínamo fazia sorvete do Bayern Munique quando, aos 14 minutos, a zaga ucraniana afastou mal uma bola com Robert Lewandowski de costas para o gol.

O jogador número 1 do mundo não teve dúvidas e resolveu com bicicleta sensacional para fazer 1 a 0 no jogo em que os alemães terminaram por vencer por 2 a 1, também porque Neuer fez duas defesas tão brilhantes como a bicicleta de Lewandowski.

Ao mesmo tempo o Villarreal amassava o Manchester United na Espanha, De Gea fechava o gol com três defesas impossíveis, até que, aos 83 minutos, num erro de saída de bola dos espanhóis, a bola parou no pé de quem para encobrir o goleiro e fazer 1 a 0 na vitória final britânica por 2 a 0?

Claro, de Cristiano Ronaldo, para botar o MU nas oitavas de final.

Impressionante o português, como impressionante é o polonês.

Aí vieram os jogos das 17h.

O Barcelona, agora de Xavi, pôs o Benfica, de Jorge Jesus, na retranca, mas não conseguiu sair do 0 a 0 em Camp Nou, o que deve significar a eliminação catalã e a classificação lusitana na derradeira rodada. Nicolás Otamendi jogou uma barbaridade na zaga lisboeta e Seferovic perdeu um gol no fim do jogo que botou JJ de joelhos, simplesmente inacreditável. Seria a garantia da classificação benfiquista.

Finalmente, em Londres, os campeões europeus do Chelsea foram cruéis com a Juventus ao massacrá-la, embora tenham vencido só por 4 a 0, em jogo que poderia ter terminado pelo o dobro. O Chelsea está jogando demais.

O futebol europeu está para o futebol brasileiro assim como a NBA está para NBB.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri