PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

O namoradinho que virou fdp

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juca Kfouri

25/10/2021 11h44

Melhor analisar a obra de Pelé do que resenhar a de Chico Buarque.

Pelé beirou à perfeição e perdeu pênalti.

O compositor Chico Buarque ultrapassou a perfeição e o escritor às vezes erra uma caneta.

O Chico que emerge de seu imperdível livro de oito contos, "Anos de chumbo", é um autor amargurado, surrealista, irônico, criativo, perplexo diante deste país aflitivo, que faz jus a cada linha das 149 páginas lançadas pela Companhia das Letras.

O que faz de Chico, o ex-namoradinho do Brasil, um gigantesco fdp.

Em tempo: num dos contos — Os primos de Campos —, tem Fluminense e Xerém. Mas nem precisava falar também de futebol.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri