PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Galo segue subindo e São Paulo estaciona

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juca Kfouri

25/09/2021 22h56

Hernán Crespo examinou detalhadamente o jogo entre Palmeiras e Galo e resolveu fazer como Abel Ferreira: não jogar e impedir que o adversário jogasse.

Assim foi pelo menos em relação ao São Paulo, que não jogou, só se defendeu. Já o Galo até jogou, mas criou menos do que gostaria.

Verdade que Luciano sofreu pênalti claro cometido por Nathan Silva e nem o assoprador nem o VAR-CBF anotaram, aos 17 minutos.

No segundo tempo a história foi outra, porque o São Paulo resolveu ser mais agressivo.

Preocupado com a Libertadores, e já sabendo da derrota do Palmeiras, o empate não era mau para o Galo, que livraria oito pontos sobre o vice-líder do Brasileirão.

Mas devolveria ao Flamengo a possibilidade de depender apenas dos resultados dele.

Aos 17 minutos, Cuca lançou mão de Nacho Fernández, Jair e Alan Franco e, dez minutos depois, de Sasha, além de Hyoran, em seguida.

Fato é que até a metade do segundo tempo o Galo não havia finalizado nenhuma vez, contra cinco no primeiro.

Na primeira, de cabeça, Hulk fez o gol ao receber cruzamento de Arana, que estava em impedimento.

Reinaldo entrou no jogo aos 33'.

Aos 40', Marquinhos e Sara foram para o jogo em busca do gol que parecia improvável e, dois minutos depois, Calleri também entrou, logo depois de Volpi evitar o que seria um golaço de Arana, do meio da rua.

Aos 44', aí de dentro da área, Arana viu Volpi evitar a vitória atleticana.

Sara, aos 50', tirou tinta da trave.

O empate estaciona os sonhos tricolores e aumenta a gordura mineira num sábado alvinegro: os alvinegros, Ceará e Corinthians, venceram, em casa, os alviverdes Chapecoense e Palmeiras, e o Galo, fora, empatou.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri