PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Fortaleza dá aula de bola para o São Paulo

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juca Kfouri

15/09/2021 23h27

Liziero e Benítez bobearam e Ronald fez 1 a 0 (Foto: Aurélio Alves/O Povo)

Quando Ronald fez 1 a 0 para o Fortaleza, aos 20 minutos de jogo, o time cearense já havia desperdiçado duas chances com Pikachu, a primeira incrível, e Rigoni tinha permitido a defesa de Felipe Alves na única oportunidade do São Paulo.

O argentino não fez o gol, Liziero atravessou uma bola na intermediária para o desatento Benitez, Ronald roubou-lhe a pelota e arriscou de fora da área para Tiago Volpi permitir que a redonda passasse embaixo de seu corpo: 1 a 0 e absoluto domínio nordestino no Castelão.

Era improvável que o tricolor paulista virasse, tamanha a superioridade do tricolor cearense.

Éder saiu e Luciano entrou, além das trocas de Romarinho, lesionado, e Edinho, por David e Matheus Vargas, para o segundo tempo, que continuou com os anfitriões melhores e com Arboleda evitando o 2 a 0 dos pés de David.

Justiça se faça, Volpi também evitou a ampliação do placar em arrancada fulminante de Éderson.

Quando o São Paulo já não tinha o que fazer, trocou o inútil Benítez por Pablo.

Mas não tinha jeito mesmo.

Aos 36', Henriques fez de cabeça o 2 a 0 que fazia justiça ao desempenho do Fortaleza, em passe de David.

No duelo argentino, Juan Vojvoda deu um baile em Hernán Crespo, até por ter uma equipe muito mais compenetrada em competir.

Para completar a festa e avisar o Galo que haverá jogo nas semifinais, David chamou Arboleda para dançar um forró e fez 3 a 0.

Num bate-rebate, nos acréscimos, Sara diminuiu: 3 a 1, mas não sarou.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri