PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Gabriel tira o sono da Fiel

Juca Kfouri

16/04/2021 21h55

O São Bento só tinha ido uma vez ao estádio de Itaquera e vencido.

Voltou hoje para disputar sua 7ª partida no Paulistinha, em busca da primeira vitória, com apenas três pontos ganhos.

E logo aos 7 minutos o time sorocabano chegou aos seis pontos, com gol que merece placa na zona leste paulistana.

O lateral Gabriel pegou a bola ainda em seu campo, enfileirou cinco corintianos e fez 1 a 0. Um G O L A Ç O!

A atuação do Corinthians foi a de sempre, exceção feita àquela do primeiro tempo em Araraquara, na derrota para a Ferroviaria: pavorosa.

E como miséria pouca é bobagem, o narrador ainda anunciou que o Corinthians voltará a campo no domingo às dez horas da noite, para enfrentar o Ituano. Ninguém merece, muito menos a Fiel, a desgostosa com Gabriel, o ponta que virou lateral e fez gol de atacante.

Então Vagner Mancini mexeu, ele que conseguia fazer o Atlético Goianiense jogar, com grupo muito mais barato, o que não faz o alvinegro. Pôs Luan, Otero e Jô nos lugares de Vitinho, Varanda e Cauê.

Ao defender a vantagem como se fosse o almoço de amanhã, o São Bento permitiu a pressão corintiana e evidenciou as deficiências técnicas do time abaixo do medíocre.

Tão ruim que no 20° minuto fez sua quarta troca, ao sacar Gabriel, o volante alvinegro, não o até então dono da noite, para Léo Natel, imagine, jogar.

Aos 27', em contra-ataque, quase o São Bento ampliou.

Aí, Alan Dias livrou a cara dos anfitriões e meteu a mão na bola dentro da área, sem nenhuma necessidade, para Fábio Santos, aos 31', empatar: 1 a 1.

Outro Gabriel, o Pereira, em campo no lugar de Mosquito.

Mas, de novo, quem levou mais perigo foram os visitantes, aos 39'.

A temporada de 2021 se desenha como de muito, mas muito sofrimento para a torcida corintiana, enquanto os principais responsáveis pela situação vivem nababescamente.

O São Bento segue sem vencer no Paulistinha e sem perder em Itaquera.

A Fiel sextou irritada e domingará do mesmo modo.

Gabriel, o de Sorocaba, foi o melhor em campo.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri