PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Inter goleia o São Paulo todo borrado e lidera

Juca Kfouri

20/01/2021 23h20

Em três minutos, o Inter teve duas chances de gol no Morumbi, com Yuri Alberto e com Victor Cuesta.

Em sete minutos, o Colorado criou três chances de gol.

E, na terceira, Moisés pôs a bola na cabeça de Cuesta para o Colorado assumir a liderança do campeonato, ao fazer 1 a 0 num São Paulo perplexo, apavorado, paralisado. Encagaçado!

Muito mais fácil do que poderiam imaginar Abel Braga e seus Red Caps.

E ao contrário do que imaginariam os são-paulinos, os gaúchos não trataram de segurar a vantagem, ao contrário, foram em busca de mais gols.

Um time queria a liderança, o outro parecia louco para deixá-la, como se pesasse demais.

Tanto que os sete pontos a mais de vantagem evaporavam e se transformavam em dois a menos.

Aos 23 minutos, enfim, Marcelo Lomba apareceu pela primeira vez.

Só que, no mesmo minuto, na devolução do goleiro, Patrick tocou de cabeça para Yuri Alberto que lançou Caio Vidal e ele ampliou: 2 a 0.

Fácil, extremamente fácil.

A expressão dos tricolores era de pânico. A dos colorados era assassina.

Desesperado, Fernando Diniz estava à beira de um ataque de nervos.

Não se ouvia a voz de Abel Braga.

Pintava até uma goleada,

Mas, aos 35', adivinha quem diminuiu?

Escanteio pela direita, desvio de Reinaldo e, de cabeça, Luciano fez o gol paulista.

Talvez passássemos a ter jogo porque, até então, só dava Inter.

O Inter, então mais cauteloso, seguiu melhor e mais perigoso, mas o São Paulo entrou no jogo e buscou pressionar.

O segundo tempo prometia fortes emoções.

Igor Gomes e Vitor Bueno voltaram para disputá-lo e Leo e Sara ficaram no vestiário.

Peglow no lugar de Caio Vidal, amarelado e fora do Gre-Nal, foi a mudança colorada.

Em cinco minutos ficou claro que havia outro São Paulo em campo, como se sem o peso da liderança jogasse mais tranquilo.

E o Inter, sentiria a responsabilidade?

Porque fila por fila, se uma é de 2008 a colorada é de 1979.

Mas, aos 15', adivinha o que aconteceu?

O São Paulo saiu jogando de Volpi para Luciano, dele para Vitor Bueno que errou o passe e bola nos pés de Yuri Alberto para fazer 3 a 1, com frieza e determinação.

Diga-se que o resultado espelhava melhor a superioridade gaúcha.

Daí Paulinho Boia no lugar de Juanfran, porque perdido por 3 perdido por 30.

30 é exagero, mas 4 gols cabiam.

Edenilson saiu jogando no meio do campo com Peglow que entregou para Yuri Alberto fazer mais um, aos 20', triplete dele, 4 a 1 no placar.

Pensa que parou?

Daniel Alves, irreconhecível, entregou o ouro para Patrick que lançou Yuri para fazer 5 a 1, aos 22'.

Aos 24', Volpi evitou o sexto, de Peglow. Não perca a conta, como se diz na televisão.

Abel Braga começou a poupar jogadores para o Gre-Nal e Fernando Diniz talvez tenha começado a fazer suas derradeiras substituições como treinador do São Paulo, tão grogue que pensou em fazer seis trocas.

O são-paulino que tirou sarro do corintiano na terça-feira vai passar por maus bocados nesta quinta.

E se o São Paulo não tomar tenência ficará fora do G4 ao completar quatro jogos sem vencer.

Em estado de graça, sete vitórias seguidas, o torcedor colorado torcerá por empate entre Flamengo e Palmeiras amanhã.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri