PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Santos decepciona, perde a invencibilidade, mas segue vivo

Juca Kfouri

01/12/2020 20h34

Ao nível do mar, onde tudo fica igual para todos, o Santos foi absoluto diante da LDU na Vila Belmiro durante os primeiros 45 minutos.

Mas perdeu um gol aqui, mandou uma bola na trave ali, criou boas oportunidades e acabou tomando um sustaço em bola vadia que sobrou para o centroavante Borja, não confundir com o colombiano que jogou no Palmeiras.

O Santos poderia até perder por 1 a 0, mas chegar ao intervalo sem gols foi meio frustrante.

O time dava a impressão de um certo salto alto, tipo "resolveremos o jogo quando quisermos" e claramente jogava com o regulamento na mão.

O segundo tempo seguiu exatamente no mesmo diapasão, com o ataque santista sem a menor pontaria.

A LDU começou a especular sobre a possibilidade de fazer um gol e mudar o panorama do jogo.

Curiosamente, a atuação santista na altitude de Quito foi incomparavelmente melhor.

E, aos 70 minutos, a LDU fez o gol que buscava para assustar de vez o Santos e quebrar a invencibilidade do time na Covidadores-2020. Gol de Zunino!

Kaio Jorge foi embora e Bruno Marques chegou, mexida de Cuquinha já que Cuca testou positivo segundo o protocolo da Conmebol e estava em casa.

Aos 80', sem trocadilho a classificação da LDU passou zunindo pelo travessão santista, em novo arremate de Zunino.

Marinho, em noite de infeliz, perdeu o empate aos 87' e o Santos resistiu para ficar com a vaga e deixar o Palmeiras como único invicto no torneio continental.

No fim do jogo, com excesso de acréscimos, o tempo fechou entre os jogadores.

Eram seis minutos, viraram oito e os jogadores se desentenderam, porque Lucas Verissimo não gostou da entrada no goleiro John.

A discussão continua. Mas o jogo não continuará. O VAR caça expulsões.

O assoprador Néstor Pitana, o argentino que apitou a final de Copa do Mundo na Rússia, arrumou uma lambança sem tamanho.

Parece até que levou uma lambada que lhe tirou sangue dos lábios.

Ele está vendo o VAR até agora.

Só mesmo nestes lados do mundo. Conmebol e CBF, tudo a ver.

Pitana voltou da tela à procura de quem expulsar. Ele sorria e expulsava. Ridículo!

John bateu o tiro de meta e o jogo acabou de novo…

O Santos deverá enfrentar o Grêmio nas quartas de final.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri