PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Flamengo agradece o 1 a 1

Juca Kfouri

24/11/2020 23h23

Mesmo com seu quarteto mágico, o Flamengo não fez o primeiro tempo que dele se esperava e saiu atrás do Racing, aos 12 minutos, sob tempestade, em falha de Diego Alves.

Sorte que, em seguida, aos 14', Bruno Henrique puxou brilhantemente um contra-ataque e deu bola melada para Gabigol empatar.

O mesmo Bruno Henrique ainda acertou o travessão portenho no que seria um golaço.

Do quarteto, Everton Ribeiro não brilhava e Gerson jogava abaixo do normal.

Isla foi baixa de última hora e Renê estava em seu lugar.

A camisa do Racing, muito desfalcado, produzia lances seguidos de gol assim que começou o segundo tempo, porque a defesa brasileira falhava seguidamente. Que falta faz Rodrigo Caio!

A falta de torcida facilitava a neutralidade da arbitragem e o segundo gol argentino foi corretamente anulado por falta em Everton Ribeiro. Se El Cilindro estivesse lotado…

Aos 56', Gabigol deu lugar a Vitinho.

O jogo ficou franco com os ataques se aproveitando de dois sistemas defensivos frágeis.

A partir do 65º minuto o Rubro-Negro tomou conta e passou a ensaiar belas tramas de pé em pé, capaz de envolver o Racing.

Depois de criar pelo menos duas boas chances de gol, aos 78' o Flamengo tomou o 2 a 1, novamente anulado.

Aos 80', Thuller foi corretamente expulso de campo. A velha história brasileira de sempre. Uma estupidez do zagueiro.

Então, o empate, com gol fora, passava a ser bom negócio.

Natan, no banco, também foi expulso…

Diego e João Alves substituíram Arrascaeta e Everton Ribeiro.

O 1 a 1 ficou de bom tamanho. Mas o Flamengo ficou devendo.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri