PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Parreira e Felipão

Juca Kfouri

31/10/2020 15h19

Por ROBERTO VIEIRA

1999.

O Fluminense na série C do Brasileirão.

Parece fácil, Horta?

Mas não é.

É por demais incompreensível.

O Serra liderou o grupo D na primeira fase.

O Fluminense chegou em segundo com três derrotas.

Fluminense que trazia na beira do campo sua história.

E Carlos Alberto Parreira.

Um campeão do mundo apaixonado pelo tricolor.

Como se Schoen treinasse o Hertha Berlin de joelhos.

Como se Ramsey abraçasse o Ipswich na pior.

Com a diferença que o Fluminense é muito maior que qualquer clube inglês ou alemão.

Após Motos e Americanos.

O Fluminense foi campeão brasileiro da Série C.

Diogo; Flávio, Antônio Lopes, Émerson e Paulo César; Marcão, Válber, Marco Brito (Jorge Luís) e Yan (Roberto Brum); Magno Alves (Róbson) e Roger Flores era o time no último jogo.

O exemplo de amor de Parreira transcendendo o monetário da bola.

Vinte e um anos depois.

A imagem de Felipão e seus cabelos brancos domina o Cruzeiro.

Cruzeiro sem Horta e sem Horto.

Cruzeiro que mora dentro do coração da cidade.

Cruzeiro combatido e vencido em suas entranhas.

A história nos alucina pois se repete também na dignidade, estranha.

Impossível não se emocionar.

Impossível não lembrar.

Felipão vai subir o Cruzeiro?

Talvez sim talvez não.

Tanto faz.

Divisões são invenções humanas, ilusões.

Na paixão todo mundo é igual.

Porque só a paixão explica Parreira e Felipão.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri