PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Lisca é doido e Mancini só mais um

Juca Kfouri

28/10/2020 22h44

Nem se trata de dizer que Corinthians e América fizeram mau jogo no primeiro tempo em Itaquera.

Fizeram apenas um jogo sem nenhuma emoção.

Tentaram, buscaram, mas as limitações de ambos são maiores que seus esforços.

O Corinthians não tem poder ofensivo e o América não conseguia ficar com a bola como gosta.

O 0 a 0 foi inexorável.

Até ali nenhum mandante nas oitavas de final da Copa do Brasil levava vantagem.

Fortaleza e São Paulo empataram seus dois jogos, o Botafogo perdeu para o Cuiabá, o Atlético Goianiense perdeu para o Inter, o Santos empatou com o Ceará, o Athletico perdia para o Flamengo e o Corinthians só empatava com o América.

A falta de torcida faz diferença. A de futebol também.

Lisca mexeu duas vezes no intervalo com Rodolfo e Geovane.

Segundo colocado na Série B, para o América o empate parecia não interessar.

E o Corinthians errava passes em cima de passes, dos mais simples, a ponto de o time mineiro tomar conta do jogo.

Léo Natel no lugar de Ederson e Boselli no de Ramiro, aos 19' para tentar incomodar minimamente a defesa americana.

Cantillo no lugar de Vital, Sidcley no de Piton.

Até Luan entrou no lugar de Cazares.

E aos 43', Marcelo Toscano, que acabara de entrar, fez 1 a 0 para o América, com justiça, se alguém tinha de vencer.

O passe foi de Neto Berola que também acabara de entrar que se aproveitou de erro de Cássio na saída de bola.

Lisca fez seu time mandar no jogo na casa de Vagner Mancini, tão opaco como a maioria dos técnicos brasileiros.

A mexidas de Lisca deram certo. As de Mancini não.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri