PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Grêmio é o primeiro mandante a vencer na Copa do Brasil. Mas deu sono...zzz

Juca Kfouri

29/10/2020 21h48

Enfim, um mandante venceu nas oitavas de final da Copa do Brasil.

Depois de oito jogos com três empates e cinco vitórias de visitantes, o Grêmio recebeu o Juventude e tratou de ganhar.

Antes do 9º minuto, Isaque e Pepê tabelaram e o primeiro tirou do goleiro para fazer 1 a 0.

Desenhava-se a vitória do pentacampeão do torneio, mas o que parecia ficar fácil não ficou, porque o time de Caxias do Sul não se intimidou e começou a causar desconforto à defesa gremista.

O Juventude buscava impor velocidade ao jogo e o Grêmio, ao contrário, quebrava o ritmo ao exagerar na lentidão.

O 11 Breno protagonizou um lance inacreditável

O segundo tempo chegou ao 20° minuto sem nada digno de nota, aparentemente com os dois times satisfeitos com o resultado.

Fosse boxe e o juiz chamaria os lutadores e pediria mais ação.

Renato Portaluppi, para não adormecer no banco, sacou Ferreira e Isaque e pôs Jean Pyerre e Thaciano.

Definitivamente não parecia um jogo de mata-mata, apenas de sono-sono.

Aos 34', aconteceu dos lances mais inverossímeis da temporada: Breno, o artilheiro do Juventude, na pequena área e sem goleiro, mandou a bola por cima do gol!

A única explicação está em que ele tirava uma soneca e tomou um susto ao ser acordado.

Lucas Silva saiu e Everton entrou, aos 38'.

O assoprador de apito não se deu conta de que ninguém queria nada com nada e ainda deu quatro minutos de acréscimos, um castigo para quem via o jogo e para os que estavam em campo e não jogavam.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri