PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Athletico dá aula de bola ao Colo-Colo

Juca Kfouri

23/09/2020 21h10

Diferentemente do que aconteceu com o São Paulo quando ganhou de presente dois gols contra do River Plate, o Athletico criou, em 14 minutos, dois gols contra da defesa do Colo-Colo.



Se seus zagueiros não tocassem na bola contra as próprias redes, Pedro Henrique e Erik teriam feito o 2 a 0 para coroar um começo magnífico de jogo do Furacão.



Vertical, rápido, envolvente, o Athletico parecia jogar na Arena da Baixada lotada por seus torcedores.


Empurrou o time chileno para seu campo de defesa como se estivesse impulsionado pela massa ou se valesse, por exemplo, de altitude para fazê-lo.


Melhor: nem por isso o time parou e, em mais uma belíssima jogada, só não marcou o 3 a 0 por detalhe, aos 36', na cabeça de Pedrinho.



O domínio e o bombardeio seguiram no começo do segundo tempo. E quando o Colo-Colo tentava contra-atacar, a defesa impedia, em sincronismo perfeito com o ataque e o meio de campo.


Em síntese: uma aula de futebol do Furacão, pena que no estádio, prudentemente, vazio.


Quando o jogo chegou aos 70 minutos, amainou.


O Athletico parece ter lembrado do calendário cruel que tem pela frente e tirou o pé, o que permitiu um certo crescimento dos chilenos, mas sem botar em risco a vitória brasileira.


Com 9 pontos, o CAP lidera seu grupo, três a mais que o Colo-Colo.


A continuar assim, Eduardo Barros será o novo Tiago Nunes.


Pelo menos até que se descubra ser tal futebol fruto de uma estrutura e não apenas de treinador.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri