PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Lyon engole Guardiola e o City

Juca Kfouri

15/08/2020 17h51

No estádio José Alvalade, do Sporting, em Lisboa, o Manchester City fez primeiro tempo decepcionante e, na metade dele, sofreu o 1 a 0 do Lyon, em chute certeiro de Cornet.

Quando o intervalo chegou, sem que o time de Pep Guardiola realmente incomodasse o adversário, apesar de pressioná-lo, as semifinais da Champions seriam disputadas por dois times alemães e dois franceses: PSG x RB Leipzig, na terça-feira, e Lyon x Bayern na quarta.

Campeão e sétimo colocado da França contra campeão e terceiro da Alemanha.

As duas ligas mais badaladas do mundo, a inglesa e a espanhola, estariam ausentes.

Do lado do Lyon, os brasileiros Marçal, Marcelo, ex-Santos, e Bruno Guimarães, ex-Athletico, jogavam bem.

Já do lado do City, o capitão Fernandinho errava muito e Gabriel Jesus aparecia pouco. Éderson nada pôde fazer no gol.

De verdade, só Sterling jogava, porque até De Bruyne estava longe do que pode.

O segundo tempo começou com o Lyon disposto a segurar o resultado o MC estéril.

Aos 55', Fernandinho saiu e Mahrez entrou.

Por mais que ficasse com a bola, o City não incomodava o goleiro português, Lopes, do Lyon.

Mas água mole em pedra dura tanto bate até Kfouri.

Aos 68', Sterling foi a linha de fundo, driblou o defensor e pôs a bola na marca de pênalti para De Bruyne empatar.

No minuto seguinte, Walker fez pênalti que o assoprador de apito holandês não apitou e permitiu que o City descesse e visse Lopes salvar o gol da virada dos pés de Jesus.

Desenhava-se a virada inglesa.

Dembélé em campo, Depay fora. Bruno Guimarães já havia saído para Thiago Mendes, ex-Goiás e São Paulo, jogar.

Aos 76', Sterling deu a virada para Jesus e ele perdeu miseravelmente.

Em seguida, Dembélé fez 2 a 1, depois de fazer falta em Laporte.

O City entrou em modo desespero, tirou Rodri e pôs David Silva.

Aos 85', o inacreditável!

Na pequena área, sem goleiro Sterling chutou por cima ao desaproveitar passe certeiro de Jesus. Pareceu vingança…

O castigo veio a jato.

Éderson deu rebote e Dembélé fez 3 a 1.

Numa dessas Pep Guardiola volta para ressuscitar o Barcelona, engolido pelo Lyon.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri