PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Chico, Caetano, Raduan, Wagner Moura, Milton Hatoum apoiam bispos; ato ecumênico ocorre no domingo

Juca Kfouri

06/08/2020 19h27

A mensagem do Projeto Brasil Nação em apoio à "Carta ao Povo de Deus", documento de mais de 150 bispos brasileiros, ganhou a assinatura de Chico Buarque, Caetano Veloso, Raduan Nassar, Wagner Moura, Milton Hatoum, entre outras personalidades.

A iniciativa já está disponível para adesões na internet e será tema de ato ecumênico virtual no próximo domingo, 9 de agosto, às 11h, com transmissão pela TVT e redes sociais.

O texto dos bispos aponta os descalabros produzidos pelo governo Bolsonaro, que impõe ao país milhares de mortes na pandemia, ataques à democracia, desagregação social, desastre ambiental, uma "economia que mata".

Para o Projeto Brasil Nação, movimento suprapartidário que reúne intelectuais e artistas de diferentes matizes políticos, Bolsonaro age para destruir o Brasil e subordiná-lo aos interesses estrangeiros, colocando a Nação como vassala dos Estados Unidos.

"Roendo as instituições, desprezando a população e aniquilando pequenas empresas, o governo se transforma em inimigo da vida, da saúde, da democracia, da soberania, da diplomacia, de direitos, da ética, da educação, da cultura, do desenvolvimento com justiça, igualdade e paz", afirma a declaração de apoio.

A ação de solidariedade, endossada por Fábio Konder Comparato, Margarida Genevois, Paulo Sérgio Pinheiro, Monja Coen, João Pedro Stedile, Fernando Morais, Tata Amaral, Juca Kfouri, Silvio Almeida, Maria Victoria Benevides, Renato Janine Ribeiro, Silvio Tendler, entre muitos outros, está recebendo apoios de diferentes denominações religiosas.

Em resposta à mensagem do Projeto Brasil Nação, o cardeal d. Claudio Hummes escreveu: "A sociedade civil organizada quando se une tem força. Obrigado. Deus abençoe a todos e todas vocês!".

O ato ecumênico de domingo, às 11h, reunirá representantes de várias religiões e será comandado por Juca Kfouri e Rosane Borges.

Luiz Carlos Bresser-Pereira e Celso Amorim, que lideram o Projeto Brasil Nação, estarão presentes.

A manifestação está aberta a adesões em http://chng.it/McwLGkwN

Aqui o documento de apoio aos bispos e as assinaturas iniciais.

PROJETO BRASIL NAÇÃO APOIA 'CARTA AO POVO DE DEUS'
O Projeto Brasil Nação apoia e se solidariza com a "Carta ao Povo de Deus", assinada por mais de 150 de bispos brasileiros. O texto aponta os descalabros produzidos pelo governo Bolsonaro, que impõe ao país milhares de mortes na pandemia, ataques à democracia, desagregação social, desastre ambiental, uma "economia que mata".
De forma deliberada, Bolsonaro age para destruir o Brasil e subordiná-lo aos interesses estrangeiros, colocando a Nação como vassala dos Estados Unidos. Roendo as instituições, desprezando a população e aniquilando pequenas empresas, o governo se transforma em inimigo da vida, da saúde, da democracia, da soberania, da diplomacia, de direitos, da ética, da educação, da cultura, do desenvolvimento com justiça, igualdade e paz.
Como reforça o documento dos bispos, "o momento é de unidade no respeito à pluralidade!". Seus signatários propõem "um amplo diálogo nacional que envolva humanistas, os comprometidos com a democracia, movimentos sociais, homens e mulheres de boa vontade".
O Projeto Brasil Nação, movimento suprapartidário que reúne intelectuais, artistas, cidadãos de diferentes visões políticas, apoia essa ideia e se soma a esse chamamento. É preciso, como afirmam os religiosos, despertar "do sono que nos imobiliza e nos faz meros espectadores da realidade de milhares de mortes e da violência que nos assolam".
São Paulo, 31 de julho de 2020
Projeto Brasil Nação
Luiz Carlos Bresser-Pereira
Celso Amorim
Margarida Genevois
Fábio Konder Comparato
Luciano Coutinho
Maria Victoria Benevides
Chico Buarque
Caetano Veloso
Raduan Nassar
Milton Hatoum
Luiz Gonzaga Belluzzo
Paulo Sérgio Pinheiro
Eleonora de Lucena
Paulo Nogueira Batista Júnior
Carol Proner
Wagner Moura
Paula Lavigne
Maria Auxiliadora Arantes
Rodolfo Lucena
Luiz Felipe de Alencastro
Maria Aparecida Aquino
Fernando Morais
João Pedro Stedile
Silvio Almeida
Juca Kfouri
Leda Paulani
José Luiz Del Roio
Carlos Moura
Eliete Negreiros
Antonio Elpídio da Silva
Monja Coen
Silvio Tendler
Rosane Borges
Edson Carneiro Índio
Tata Amaral
Edson França
Mario Vitor Santos
Gilberto Maringoni
Eduardo Fagnani
Benedito Tadeu Cesar
Ismail Xavier
Henri Arraes Gervaiseau
William Nozaki
Paulo Kliass
Cassia Damiani
Ângela Cristina dos Santos Ferreira
Altamiro Borges
Rodrigo Medeiros
Marijane Vieira Lisboa
Marcelo Auler
Tadeu Di Pietro
Pompea Maria Bernasconi
Georgia Vassimon
Projeto BrCidades
Flávio Aguiar
Isabel Lustosa
Luiz Eduardo Soares
José Bustani
Otavio Velho
Moacir Palmeira
Ingrid Sarti
Luiz Taranto
Marcelo Ridenti
Eric Nepomuceno
Ennio Candotti
Olga Sodré
Isabel Travancas
Renato Janine Ribeiro
Renato Boschi
Flora Sussekind
Bernardo Ferreira
Heloisa Murgel Starling
José Sérgio Leite Lopes
Roberto Amaral
Marcos Costa Lima
Maria Noemi de Araújo
Aquiles Rique Reis
Miltinho
Dalmo Medeiros
Paulo Malaguti Pauleira
MPB4
Marluí Miranda
Francisco Foot Hardman
Paulo Pedrini
Danilo César
Rodolfo Stroeter
Carlos Lichtsztejn
Maria de Betania Paes Norgren
Marta Quaglia Cerruti
Janete Frochtengarten
Norka Bonetti
Maria Rita Kehl
Lusmarina Campos Garcia
Ivanir dos Santos
Naudal Alves Gomes
Walter Altmann
Claudio de Oliveira Ribeiro
Cibele Kuss
Mozart Noronha
Irênio Silveira Chaves
Eduardo Calil Ohana
Luiz Longuini Neto
Rudelmar Bueno de Faria
Marie Ann Wangen Krahn
Ana Bock
Lumena de Castro Furtado
Elisa Zanerato Rosa
Christina Veras
Cristina Silva
Odair Furtado
Marcos Ferreira
Silvio Bock
Edson Fernando de Almeida
Roberto Zwetsch
Dario Geraldo Schaffer
Romi Bencke
Walter Marschner
Patrícia Tolmasquim
Allan Ervin Krahn
Walmor Ari Kanitz
Hélio Schaidhauer Pacheco
Sandro Luckmann
Rosiléa Maria Roldi Wille
Eny Raymundo Moreira
Graciela Chamorro
Cláudia Patrícia Schaidhauer Pacheco
Guilherme Reichwald
Ruy Otávio Costa
Marcos Inhauser
Marcelo da Silva Carneiro
Carlos Caldas Filho
Lysias Garcia da Costa Junior
José Lima Júnior
Rodrigo da Silva Coelho
Ronaldo de Paula Cavalcante
Jabis Ipólito de Campos Junior
Agnaldo Pereira Gomes
Esequiel Laco Gonçalves
Paulo de Lima Portes
Silas Luiz de Souza
Ricardo Lengruber
Eduardo Castedo Abrunhosa
Uverland Barros da Silva
Kristl Schütz Rabelo
João Mário Gervazoni
Nilton Emmerick Oliveira
Claudio Carvalhaes
Wilson Emerick
Laurie Miller Camargo
Cleonilde Aranha Pimenta
Reinaldo Olecio Aguiar
Guilherme de Freitas Silva
Vardilei Ribeiro da Silva
André Tadeu de Oliveira
Sandro Vavier
Raimundo César Barreto Junior
Afonso Celso Teixeira Rabelo
Neila Ruiz Alfonzo
Paulo César Silva
Franklin Félix
Agnaldo dos Santos Mota
Maria Augusta Ramos
Alexandre Bernardino Costa
Marcus Giraldes
Gisele Ricobom
Alexandre Brasil
Juliana Neuenschwander Magalhães
Avelin Buniacá Kambiwá
Margarida Lacombe
Gisele Cittadino
Sira Milani
Rede Coral Luther King
Coro Luther King

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri