PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Fla TV, a novidade e o problema

Juca Kfouri

02/07/2020 06h00

O Brasil pôde ver ontem a transmissão de um jogo do campeão brasileiro e da Libertadores pelo canal do clube.

Vitória tranquila do Flamengo sobre o Boavista, por 2 a 0, que poderia ter sido por 6 a 0, tantos gols o belo time rubro-negro desperdiçou por preciosismo.

A Fla TV, pelo YouTube, atingiu mais de 2 milhões de telespectadores, audiência considerável.

E inaugurou um novo meio para abastecer seus cofres, o que é legítimo e inevitável diante das novas plataformas que surgiram no mundo da comunicação.

Mas tem um problema: não espere senso crítico, nem muito menos jornalismo desse tipo de iniciativa.

Ao contrário, espere apenas babação de ovo.

Esperar o jornalismo e senso crítico será como imaginar que a TV Brasil critique o governo federal.

Sabe quando? Nunca jamais e em tempo algum.

Comentário para o Jornal da CBN desta quinta-feira, 2 de julho de 2020.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri