PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

A Fifa mente sobre o spray

Juca Kfouri

09/07/2020 18h14

Hoje você leu AQUI, quase três horas atrás, novo capítulo de como a Fifa tenta evitar pagar pela patente da espuma para marcar a distância entre a bola e a barreira.

Provocada, a Fifa insiste numa mentira: a de que a invenção brasileira jamais constou de suas regras em inglês, a única língua que, segundo a entidade, vale.

Esqueça o ridículo argumento, que procura minimizar o fato de estar o invento publicado em espanhol.

Porque também está publicado em inglês, como se comprova no site da CBF, na página 48.

"Vanishing spray", na antepenúltima linha…

O advogado que defende a empresa brasileira Spuni, detentora da patente do spray em 44 países, Cristiano Zanin Martins, tratou de preservar judicialmente o material antes que a Fifa mande a CBF retirá-lo. E argumenta:

"1o. – Já seria muito estranho se a IFAB/FIFA tivesse editado duas versões diferentes das Regras do Jogo para 2016/2017 – uma em inglês e outra em espanhol – como diz a FIFA agora;

2º A afirmação de que a versão em inglês não faria referência ao spray é desmentida por um documento que consta até hoje no site oficial da CBF, como provamos pelo relatório de captura técnica digital;

3º. A própria FIFA anunciou no Programa de Qualidade editado em 2015 que o spray entraria nas "Regras do Jogo";

4º Se o spray jamais esteve presente nas Regras do Jogo, como diz a FIFA agora, por que a entidade afirmou ao STJ no ano passado que o uso da ferramenta seria 'fundamental' para a Copa do Mundo Sub-17 que ocorreu no país?".

A mentira, como se sabe, tem pernas curtas.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri