PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Autuori é vítima do autoritarismo

Juca Kfouri

26/06/2020 22h31

Paulo Autuori fez críticas à FERJ e ao seu presidente, o inefável Rubens Lopes.

Críticas certeiras, corretas e históricas.

O treinador do Botafogo nunca se calou e nada haverá de calá-lo.

Por isso, foi arbitrariamente suspenso por 15 dias.

Querem amordaçar uma voz sensata

Por ter falado a verdade, nada mais que a verdade.

Tão seguro de si e de suas críticas, Autuori nem quer que o Botafogo o defenda.

Seu exemplo é suficientemente eloquente para deixar o rei nu, ou a cartolagem nacional nua.

Falta, agora, uma atitude da entidade dos treinadores em sua defesa.

Como?

Basta que todos se considerem suspensos por 15 dias.

Farão isso?

Duvidedeó.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri