PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

O velhinho, Neymar e o burro

Juca Kfouri

03/04/2020 19h21

Por ROBERTO VIEIRA

Iam pela terra devastada.

Sétimo selo.

A peste negra destruía vontades, sonhos e castelos.

O velhinho tinha muito medo.

A peste colhia de preferência os idosos.

Em cada cidade que passavam, Neymar distribuía algumas moedas.

Em segredo.

As pessoas agradeciam, mas muitos que não sabiam reclamavam.

Ele não é como o Conde Messi!

Ele não é como o o Lorde Cris.

Certa manhã, diante das ruínas de uma cidade vazia.

Neymar decidiu doar cinco milhões de coroas.

Uma fortuna.

O velhinho ficou emocionado.

Contou aos menestreis, aos viajantes, aos quatro cantos do Reino.

No dia seguinte, como Neymar, o jovem Vinícius distribuiu comida.

Porque o bem também se espalha como as pandemias.

A palavra convence.

O exemplo arrasta.

Logo, mais e mais cavaleiros dividiram o que possuíam com o próximo.

Então?

Todos felizes para sempre?

Não.

O burrinho de nossa história que andava calado resolveu zurrar.

Reclamando de Neymar.

Falando mal de Vinícius.

Afirmando que fizeram a doação pra se mostrar.

Por pressão popular.

Burrinho que não se sabia.

Mas era fiscal de caridade do Reino.

Com cargo vitalício, direito a estábulo funcional e cenouras reais.

Pena que o velhinho se cansou do burro.

Deixou ele aos cuidados dos lobos famintos.

O quê?

Não gostou do final?

Problema seu.

Vai lá e salva o burro.

Acho que ainda dá tempo…

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri