PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Por que o presidente do COI insiste em Tóquio-20

Juca Kfouri

23/03/2020 00h18

Quando a Paraolimpíada de 2016 foi aberta, no Rio de Janeiro, uma ausência chamou a atenção: pela primeira vez em 32 anos, o presidente do Comitê Olímpico Internacional não estava presente.

Sob a alegação de precisar ir a enterro na Alemanha, Thomas Bach, que voara rapidinho tão logo a Olimpíada se encerrara, livrou-se de ser ouvido pela polícia brasileira sobre o escândalo do câmbio negro de ingressos, liderado pelo então presidente do Comitê Olímpico Irlandês, Pat Hickey, homem forte do COI e preso no Rio.

Inúmeros e-mails e ligações telefônicas entre os dois cartolas puseram Bach na lista das pessoas a serem ouvidas na investigação conduzida pelo Ministério Público Federal.

Bach nunca mais veio ao Brasil.

Este é Bach, o homem que preside o COI e que reluta em adiar a Olimpíada de Tóquio, prevista para começar dia 24 de julho quando, certamente, o mundo ainda não terá se livrado da pandemia.

Mesmo que tivesse, o treinamento dos atletas já está irremediavelmente prejudicado.

Mas Bach só pensa no dinheiro, como o velho da Havan, o moço do Giraffas, o sociopata do Planalto, o publicitário do topete, enfim, essa laia.

Enfim, o adiamento será inevitável daqui a um mês ou a uma semana.

Como a quarentena contra a pandemia.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri