PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Ninguém obedece o capitão

Juca Kfouri

22/03/2020 22h46

O governador de São Paulo diz que quando o capitão "faz alguma coisa, faz errado".

O do Rio diz que o capitão "se move a passos de tartaruga".

O de Minas mandou fechar bares e restaurantes, contrariando o que quer o capitão.

Já o do Distrito Federal também mandou fechar o comércio.

O goiano, que sempre apoiou o sociopata, dissolveu manifestação a favor dele, porque, declarou, "antes de tudo sou médico".

Pelo norte e nordeste é uma festa.

O governador da Bahia disse que já que o capitão nada faz "que pelo menos não atrapalhe".

O do Pará foi na mesma linha.

O do Maranhão, alertou para "a capacidade única do capitão de falar bobagens".

Fala sério: você já tinha visto isso antes?

Ninguém dá a menor bola para o capitão.

"Acabou, Bolsonaro. Você não é mais presidente", disse o sábio haitiano.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri