PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

AGU contra a liberdade de expressão

Juca Kfouri

06/03/2020 15h23

Cafajestagem: se há um termo que tem sido usado com frequência na imprensa independente do país, e nas charges, para qualificar as atitudes da família Bolsonaro, é exatamente este, repita-se, cafejestagem.

Cafajestagens, como se sabe, são cometidas, em regra, por cafajestes, embora nem sempre, porque, às vezes, pode escapar uma de pessoa educada.

Mas como definir "Ela queria dar o furo", frase desferida pelo presidente da República, para desqualificar uma jornalista?

Ou "Eu não te estupro porque você não merece", para agredir uma deputada?

Ou "pergunta para sua mãe", para ofender outra jornalista e, ainda, para um jornalista, "você tem cara de homossexual terrível"?

Ocuparia centímetros intermináveis aqui citando outros exemplos desferidos pelo quarteto Bolsonaro.

Pois eis que, por não achar outro adjetivo mais adequado para se referir ao presidente que nos infelicita, o promotor de Justiça, Paulo Brondi, assim o tratou em suas redes sociais e foi reproduzido pelo blog.

Não é que a Advocacia Geral da União, a AGU, veja bem, da União, não de quem ocupa o Palácio do Planalto, resolveu abrir inquérito contra o membro do Ministério Público goiano?

A AGU no papel de censora?

Só cabe uma explicação: bajulação explícita do advogado geral da união, André Mendonça (foto), em busca de vaga no STF.

Não bastasse a insana campanha do governo federal contra a imprensa, agora a AGU se junta como braço jurídico da sanha obscurantista.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri