PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Carnaval rubro-negro não tem hora para acabar

Juca Kfouri

24/02/2020 00h00

O Carnaval do Flamengo começou no ano passado e parece não ter hora para acabar, como é comum você ouvir e ler sobre as festas de Momo.

Desde de a conquista do bicampeonato da Libertadores, num sábado 23 de novembro de 2019, que o rubro-negro só comemora.

No dia seguinte, festejou o heptacampeonato brasileiro e não parou mais.

No domingo retrasado, 16 de fevereiro, enfiou 3 a 0 no Athletico Paranaense e ganhou sua primeira Supercopa do Brasil.

Agora, no sábado de Carnaval, foi a vez de de levantar a 22ª Taça Guanabara e ir para Sapucaí comemorar.

E nesta Quarta-Feira de Cinzas a expectativa é de novo desfile no Maracanã, com a conquista, tomara, da primeira Recopa Sul-Americana, caso vença o equatoriano Independiente Del Valle.

Enquanto a maior torcida do país é só alegria, a segunda maior é um poço até aqui de mágoa.

Porque no mesmo sábado em que o Flamengo brincou com mais um título, o Corinthians conseguiu se embriagar com Água Santa, o time de Diadema que estragou o Carnaval alvinegro.

Para não falar do Carnaval do Milton Jung, estragado pelo Caxias, campeão do primeiro turno do Gauchinho, ao derrotar o Grêmio por 1 a 0…

Comentário para o Jornal da CBN desta segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri