PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

A tática do morde e assopra

Juca Kfouri

26/02/2020 13h41

No futebol, como na vida, há os ativos e o reativos.

Times que se fingem de mortos, que ficam tocando a bola como se não quisessem nada, e que, de repente, atacam com quatro, cinco jogadores, e fazem o gol.

Outros ficam na defesa o mais que podem e buscam resolver os jogos por uma bola.

O presidente que hoje nos infelicita age assim: ataca, espera a repercussão, colhe os frutos de seus adeptos e recua, diz que não é bem assim, tenta minimizar as reações contrárias e segue o jogo, com o recado dado aos seu gado.

E espera que os democratas se aquietem.

Só não vê quem não quer.

A última provocação dele precisa ser a derradeira.

Aceitar a evasiva da rede pessoal será fazer o papel de avestruz.

Quem tem ódio e nojo das ditaduras deve parar de apenas reagir e tomar a ofensiva.

Devemos pressionar os poderes legislativos e judiciários para que deem uma resposta firme ao que está em marcha.

E buscar com todas as entidades democráticas do país, da ABI à OAB, estudantes e sindicatos, a Igreja e os artistas, órgãos de comunicação e intelectuais, que tomem as ruas e digam basta.

Porque na primeira noite eles se aproximam e roubam uma flor de nosso jardim e não dizemos nada…

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri