PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Tudo azul para o Liverpool

Juca Kfouri

14/12/2019 16h23

Monterrey e Al-Sadd fizeram um jogo muito melhor que o entre Al Hilal e Espèrance.

O time da casa não teve grande apoio de sua torcida porque o estádio em Doha não lotou, longe disso. Mas começou a partida com atrevimento e boas trocas de passes em direção ao gol mexicano.

Aí, levou um golaço de fora da área do lateral-esquerdo Vangioni e sentiu. A ponto de sofrer o segundo, de Funes Mori, ainda no final do primeiro tempo.

O segundo tempo era quase exclusivamente mexicano, mas, ao 65 minutos, de cabeça, o argelino Bounedjah descontou: 2 a 1.

Ficou divertido.

Os árabes, dirigidos pelo genial Xavi Hernández, o catalão que brilhou no Barcelona ao lado de Andrés Iniesta, se animaram e os mexicanos entraram naquele modo "jogar como nunca e perder como sempre".

Já tinham perdido a chance de liquidar o jogo quando estava 2 a 0, perderam uma chance clara de fazer 3 a 1 e passaram a sofrer.

Mas, aos 76', fizeram novo golaço, numa trama brilhante iniciada por Pizarro e culminada por Rodriguez, para estufar a rede.

Fim de papo!

Fim de papo?

Coisa nenhuma.

Aos 88', novo golaço, de Hassan, noutro tirambaço: 3 a 2!

Teríamos ainda seis minutos de acréscimos…

O goleiro Barsham evitou o quarto gol mexicano com grande defesa, aos 94'.

O que pode fazer o Monterrey contra o desgastado Liverpool?

Em dez jogos, perderá nove.

Nada indica que pela primeira vez o time europeu será eliminado na semifinal.

A não ser que o futebol apronte daquelas maravilhosas zebras.

As listras o Monterrey tem, só que são azuis.

Mas, oxalá, tenhamos Flamengo e Liverpool mesmo.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri