PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Oito anos de saudades do Doutor Sócrates

Juca Kfouri

04/12/2019 11h53

Por GUSTAVO FIGUEIREDO*

Corpo esguio, caminhar desengonçado. Parecia que iria se desequilibrar.

Do alto dos seus 1,93m, a solução da jogada vem através de um passe de calcanhar.

Bola que rola por Belém, Igarapé-Açu, até chegar ao sudeste do país.

Em Ribeirão Preto, o futebol, a literatura e a medicina dão o tom.

O Botinha, a USP, o treino, a aula, o jogo, a prova.

Em Ribeirão faz calor, então desce mais uma! O sorriso tímido, as risadas, as histórias. Seja no bar, no clube ou na universidade.

Pega no pé do irmão, o caçula. O Pivete joga bola!

Ribeirão ficou pequena. O coração estava na Vila Belmiro, mas a história teria que acontecer em outro alvinegro, o do Parque São Jorge.

A fila tinha acabado, mas a Fiel queria mais, muito mais. Entender o seu povo era assim mesmo, aula de sociologia. Com pitadas de filosofia. Braço estendido e punho cerrado. Idolatria eternizada.

São Paulo da arte, cultura, noite e também da desigualdade. Mais um na megalópole.

A Democracia Corinthiana, a rebeldia do Casa, o Wlad estudando iorubá. O rei da selva chega ao Parque. Sim, pode contestar, sempre. Faz parte da democracia.

Na Seleção, Cerezo, Falcão e Zico como companhia. Tudo ficava mais fácil. Telê no banco. Rossi no caminho. Foi doído, mas… azar da Copa do Mundo.

Anhangabaú com milhões, Diretas Já! "Eu não vou embora do meu país!". Enfim, não deu. Difícil entender o Brasil.

Rumo à Florença. Os italianos enlouquecem na chegada, mas a adaptação não foi fácil. Só uma temporada. Hora de voltar.

Flamengo, tinha que passar pelo clube mais popular do país. Santos, tinha que vestir a camisa do clube de coração.

Porém, sua história estará sempre ligada ao Corinthians. Seja ganhando ou perdendo, mas sempre com democracia.

O Magro, Brasileiro até no nome.

Que falta você faz, Doutor!

4 de dezembro de 2019. Oito anos sem o camisa oito mais emblemático do futebol nacional.

*Gustavo Figueiredo, o Guga, é jornalista, curioso e louco por futebol e história.

Está no Twitter: @guga_fig

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri