PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Impeachment por falta de decoro?

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juca Kfouri

21/12/2019 07h39

O "brilhante liberal" Paulo Guedes compara o incêndio na catedral de Notre Dame, em Paris, com o fogaréu criminoso na Amazônia.

O presidente da República perde as estribeiras, acuado que está pelos milicianos que o cercam, em conversa com jornalistas na porta do Palácio do Planalto:

"E se o seu filho tiver cometido algum deslize, presidente?".

Ao responder, Bolsonaro questiona a sexualidade do repórter:

"Você tem uma cara de homossexual terrível, mas nem por isso eu te acuso de ser homossexual".

(Para Jair Bolsonaro ser homossexual é acusação).

Em outro momento, o presidente chegou a gritar e a ofender um repórter ao responder se ele tinha comprovante do alegado empréstimo feito a Queiroz:

"Ô, rapaz, pergunta para a tua mãe o comprovante que ela deu pro teu pai, tá certo?".

Veja a cena aqui.

Se não couber impeachment por falta de decoro em cenas tão constrangedoras, quando caberá

Mas não se preocupem os bolsominions: impeachment só quando as condições de governabilidade tiverem ido para o espaço na Terra plana.

Da Lei do Impeachment:

CRIMES CONTRA A PROBIDADE NA ADMINISTRAÇÃO

Art. 9º São crimes de responsabilidade contra a probidade na administração: 

1 – omitir ou retardar dolosamente a publicação das leis e resoluções do Poder Legislativo ou dos atos do Poder Executivo; 

2 – não prestar ao Congresso Nacional dentro de sessenta dias após a abertura da sessão legislativa, as contas relativas ao exercício anterior; 

3 – não tornar efetiva a responsabilidade dos seus subordinados, quando manifesta em delitos funcionais ou na prática de atos contrários à Constituição; 

4 – expedir ordens ou fazer requisição de forma contrária às disposições expressas da Constituição; 

5 – infringir no provimento dos cargos públicos, as normas legais; 

6 – Usar de violência ou ameaça contra funcionário público para coagí-lo a proceder ilegalmente, bem como utilizar-se de suborno ou de qualquer outra forma de corrupção para o mesmo fim; 

7 – proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo. 

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri