Topo

Histórico

Categorias

Ao Mister Mano Menezes

Juca Kfouri

06/11/2019 14h37

Por JOAQUIM KFOURI

Meu caro MMM:

Hoje, durante o pequeno-almoço, pensei em pegar o telemóvel e ligar para ti.

Soube que tua equipa jogará nesta noite no Rio de Janeiro e que andastes pensando em importar jornalistas daqui de Portugal para melhorar o nível dos debates sobre o futebol aí no Brasil.

Achei uma ideia supimpa!

Aqui na terrinha só se fala do Flamengo de Mister Jorge Jesus.

Os adeptos de todas as equipas só teriam a ganhar, como espero que a tua triunfe hoje na relva da Fonte Nova, se formos aos magotes para o Brasil.

Mas voltemos ao jogo de hoje, contra o nosso Vasco, em São Januário.

As camisolas verdes merecem ao menos um troféu para botar na vitrina nesta temporada e leio que escolhestes a táctica de poupar atletas para o Dérbi do sábado.

Trate, portanto, de procurar os golos e para tanto não economize nos avançados e deixe de usar tantos trincos como Felipe Melo, embora saiba que para tua sorte ele foi alijado por cinco jogos.

Ele não é um papa-açordas como Lucas Lima, mas causa muita balbúrdia.

O empate hoje, tu sabes, terá sabor de coisa que não vale a ponta de um corno.

Ralhes com seus atletas para que joguem a morrer porque se nenhures o vice-campeonato é desprezado, me contam que no Brasil é tido como o primeiro dos últimos, de facto, um estupor!

Uses e abuses da habilidade de Dudu nos pontapés de canto. Pode ser uma rota.

O desporto requer ousadia.

Por falta dela, teus rivais do São Paulo estão já há tantos anos na bicha mesmo com bons guarda-metas como foi Ceni e é Volpi.

Tente dar uma pica de ânimo nos gajos, não deixe o puto Deyverson perder as estribeiras e recomende ao Prass não esticar os pontapés de baliza.

Traga os três pontos que a claque apreciará.

E não tenhas medo de batota, porque o VAR está aí para impedir o que os aldabrões tratam como se auxílio fosse.

Tenho a convicção de que se assim fizeres o clima no balneário após o jogo será de festa.

Que tenhas a sorte ausente em seus tempos de selecionador.

Do teu, JK.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri