Topo

Histórico

Categorias

A épica virada brasileira contra a garotada francesa

Juca Kfouri

15/11/2019 13h20

Desnecessário lembrar que o Brasil é freguês da França quando se trata de Copas do Mundo.

Com exceção da vitória por 5 a 2 nas semifinais de 1958, na Suécia, sempre que brasileiros e franceses se enfrentaram, caímos eliminados:

em 1986, no México, em 1998, na França e em 2006, na Alemanha.

Em 1958, os astros franceses eram Raymond Kopa e Just Fontaine.

Em 1986, Michel Platini, embora já tivesse o africano Tigana brilhando no meio de campo.

Em 1998 e 2006 quem decidiu foi Zinedine Zidane, de origem argelina.

Ontem, pelo Mundial sub-17, garotos chamados Arnaud Kalimuendo Muinga e Nathanaël Mbuku, nos 12 primeiros minutos, fizeram 2 a 0 e ensaiaram uma goleada como vinham fazendo com outros adversários.

Mas pararam por aí no primeiro tempo e sofreram uma virada épica da garotada brasileira, por 3 a 2.

Torneios das categorias de base foram feitos para revelar talentos e não, necessariamente, para serem vencidos.

Mas é inevitável o entusiasmo diante de uma vitória como a acontecida no Bezerrão, no Distrito Federal.

Domingo teremos a final, às 19h, contra o México.

Com quem o futebol brasileiro tem nova revanche, depois de perder a decisão da Olimpíada de Londres, em 2012.

Seja qual for o resultado, porém, a virada de ontem fez história.

Meninada valorosa.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri