Topo

Histórico

Categorias

Virada de campeão!

Juca Kfouri

16/10/2019 21h56

Esperar que o Flamengo sem cinco jogasse como vinha jogando não era sonho, era bobagem mesmo.

Mas o que também não se poderia esperar era o Fortaleza com nove mexidas em relação ao jogo anterior.

Ceni é gênio ou suicida?, perguntou o torcedor do tricolor.

Com 15 minutos o Flamengo ainda perdeu Lucas Silva e o primeiro tempo transcorreu sem maiores emoções.

O Flamengo voltou sem Gerson para o segundo tempo, aos 15' Pablo Mari meteu a mão na bola na área e Bruno Melo fez 1 a 0.

Diego Alves que havia feito uma defesaça em cobrança de falta por Bonilha, no primeiro tempo, nada pôde fazer.

O Flamengo teria de tirar do fundo d'alma a força para, ao menos, empatar.

Aí o VAR caça-pênaltis achou outro em cabeçada de Rodrigo Caio e Gabigol, aos 38', empatou: 1 a 1.

Estava de ótimo tamanho.

No minuto seguinte Edinho perdeu um gol inacreditável, na pequena área e sem goleiro.

O empate ficou ainda melhor para o líder.

Mas muito melhor ficou a virada com o gol da virada de Reinier, de cabeça, da marca do pênalti: 2 a 1.

Gol de lateral de Renê para a cabeça de Vitor Gabriel, que substituíra Gerson, e deste para o menino que a CBF queria na Seleção.

Típica virada de campeão, no peito e na raça, sem jogar metade do que pode, diante de mais de 50 mil torcedores.

Porque sem metade do time.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri