Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Para viver um grande amor (crônica Timbu)

Juca Kfouri

09/09/2019 09h00

Por ROBERTO VIEIRA

Para falar de amor, Vinícius.

Para falar de futebol, Nelson.

Para falar de ontem os dois e a vida.

Pois vida e futebol são a arte do impossível.

Para viver um grande amor no futebol é preciso sofrimento.

Derrotas históricas.

Vitórias mitológicas.

Uma multidão em desvario.

Idosos, moços, crianças em transe bíblico no antigo Templo.

Minutos que passam.

2×0 para o adversário.

Um atleta capengando em campo diminuindo o marcador.

Seu melhor jogador estraçalhado pelos cravos oponentes.

A razão dizendo não.

O coração preso no estádio dizendo sim.

Para viver um grande amor no futebol é preciso um pênalti no último lance.

Pênalti na mesma barra de trágicas recordações.

Quando os rivais da cidade já espoucavam champanhe.

Quando estávamos de joelhos.

E de joelhos assistimos o pênalti beijar as redes.

Corrigindo uma injustiça milenar.

Para viver um grande amor no futebol é preciso mais.

É preciso uma disputa de pênaltis na mesma barra.

É preciso que todos os pênaltis sejam convertidos.

Novos cristãos.

É preciso que nosso goleiro defenda também.

Como defendeu.

Com o espírito do magistral goleiro Djalma, campeão pernambucano de 1939.

Djalma cujas cinzas repousam nesta barra.

Pois este foi o último pedido do célebre Djalma ao falecer.

Para viver um grande amor no futebol é preciso amar.

E amar parece simples como Vinicius.

Simples como Nelson.

Mas apenas quem ama verdadeiramente o futebol poderá viver esse grande amor.

E cada coração, rubro negro, tricolor, azul, amarelo, verde, compreende muito bem.

Mesmo sem palavras.

Pois o futebol se escreve com lágrimas.

Um dia de tristezas.

Noutros de alegria.

Como o amor…

Foto: Leo Malafaiaa/Folha de Pernambuco

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri