Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Elementar, meu caro çábio

Juca Kfouri

05/09/2019 15h52

Certa vez, processado por Ricardo Teixeira, a juíza me condenou invertendo o depoimento de minha testemunha, o jornalista Sidney Garambone.

Onde ele dissera que eu NÃO chamara o cartola de bandido, a juíza escreveu que minha própria testemunha admitiu que SIM, eu disse que Teixeira era bandido.

Defendido pelo brilhante advogado Arthur Lavigne, ele me avisou que em 48 horas anularia a sentença por "vício insanável".

Eu jamais ouvira a expressão.

De fato, deu-se a anulação, voltou tudo à estaca zero e acabei absolvido.

Descobri depois que a meritíssima era filha de desembargador que havia passado uma Copa do Mundo inteira em hotéis 5 estrelas a convite da CBF.

"Vícios insanáveis" têm sido demonstrados quase diariamente pela Vaza Jato.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri