Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Mengão mais perto do Santos

Juca Kfouri

10/08/2019 20h58

Depois do belíssimo San-São, a expectativa para Flamengo e Grêmio exigia, se não a manutenção do clima, um bom jogo no Maracanã, com 53.970 pagantes e 57.644 presentes.

E o primeiro tempo não decepcionou.

Com o Flamengo melhor, incisivo, dominante, mas diante de um Grêmio perigoso quando atacava.

Até que Arrascaeta deu um passe brilhante para William Arão fazer lindo gol.

O Rubro-Negro seguiu melhor, mas o espanhol Pablo Mari fez um pênalti tolo em David Braz e o VAR flagrou, para Galhardo empatar no fim do primeiro tempo.

Não era justo, mas era justo, não sei se me faço entender.

Só que o Flamengo partiu para cima e logo no início do segundo tempo Bruno Henrique mandou, sem ângulo, um balaço na trave para Arrascaeta pegar o rebote e devolver a dianteira aos cariocas: 2 a 1.

Era justo e era mesmo justo.

Aos 11 minutos Renato Portaluppi resolveu botar Everton em campo, no lugar de Galhardo.

A tempo de ver de dentro de campo Gérson soltar um tirambaço que raspou no travessão.

O Flamengo seguia melhor.

Mas o Grêmio insistia em tentar manter a invencibilidade de dez jogos.

E lutava, embora por mais duas vezes tenha sido salvo por Júlio César, numa delas em mais uma finalização de Arrascaeta, jogando muito, como nos tempos de Cruzeiro.

Aos 38', Pepê, de bicicleta, quase acerta o ângulo de Diego Alves.

O Flamengo vencia e merecia, para diminuir para cinco pontos a diferença com o Santos.

E, aos 44', estabeleceu o placar que fez por obter, em belíssimo gol de Everton Ribeiro: 3 a 1.

Ceará 4, Chape 1; São Paulo 3, Santos 2 e Flamengo 3, Grêmio 1.

14 gols em três jogos!

Beleza!

Como será Galo x Fluminense?

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri