Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Bahia resistiu a Everton

Juca Kfouri

10/07/2019 21h10

O Bahia esteve bem na Arena Grêmio, cuidadoso, mas altivo.

O Grêmio esteve ainda melhor no primeiro tempo, quando fez o goleiro Douglas trabalhar duas vezes e ainda mandou bola na trave com Jean Pyerre.

Mas sobretudo porque Everton estava em noite de Everton.

Tantas fez, entre canetas e investidas imparáveis, que, aos 47', sofreu pênalti e bateu para fazer 1 a 0.

O mais difícil estava feito a não ser que o Bahia voltasse para o segundo tempo disposto a empatar e conseguisse antes de permitir o segundo gol gaúcho no contra-ataque.

Pois foi o que aconteceu.

No começo da etapa final um escanteio pela direita jogou a bola na segunda trave e Gilberto aproveitou para fazer 1 a 1, diante de 28.838 torcedores (26.674 pagantes).

Os baianos sofriam com os 14 graus de Porto Alegre e o gaúchos sofriam com a bravura baiana.

Aos 20', Renato Portaluppi chamou Pepê e Luan para o jogo e sacou Alisson e Jean Pyerre, esta última troca vaiada pela torcida.

André era inútil, como habitual, e ficou.

Roger Machado respondeu com a estreia do venezuelano Guerra no lugar do menino Ramires, aos 28'.

O Grêmio apertava, mas o Bahia, com o baixinho Artur, vira e mexe incomodava.

Enfim, André saiu para Felipe Vizeu jogar, mas já aos 33'.

Sete minutos depois entrou Fernandão no lugar de Gilberto no tricolor baiano, quando Vizeu se machucou e deixou o tricolor gaúcho com dez.

E, Artur, em grande jogada, acabou por perder a melhor chance do segundo tempo, aos 43'.

Quarta-feira, na Fonte Nova, decisão de que irá às semifinais da Copa do Brasil.

Pintou o Bahia, embora não haja gol qualificado.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri