PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Os primeiros campeões da Taça das Favelas São Paulo

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juca Kfouri

01/06/2019 22h49

No dia em que os vermelhos de Liverpool ganharam a Copa dos Campeões da Europa, as vermelhas do Complexo da Casa Verde, e os também vermelhos do Parque Santo Antônio, foram campeãs e campeões da Taça das Favelas São Paulo 2019.

Grandes filas para entrar, bandeiras e fogos na Praça Charles Miller e muita festa nas arquibancadas cheias do Pacaembu.

Assim foi o dia das grandes finais da Taça das Favelas São Paulo 2019, que eternizaram as meninas do Complexo da Casa Verde e os garotos do Parque Santo Antônio como primeiros campeões de uma edição paulista do maior campeonato de futebol entre favelas do mundo.

"Foi uma festa especial. O público paulista abraçou a Taça das Favelas e o Pacaembu ficou cheio e lindo, valorizando demais a nossa competição", comemorou Marcivan Barreto, coordenador comunitário em São Paulo da Central Única das Favelas (CUFA), organizadora do torneio, que é produzido pela InFavela.

No primeiro jogo do dia, as meninas do Complexo da Casa Verde venceram a favela de Paraisópolis por 2 a 0, com dois gols da atacante Mineira, no início do jogo.

No segundo tempo, as meninas de Paraisópolis até que tentaram uma reação, mas não conseguiram chegar ao gol.

"Isso daqui para mim é muito gratificante, pois eu passei por uma depressão e eu pensei em me matar. Alguma coisa me dizia o tempo todo para eu tirar a minha vida, mas do outro lado, tinha alguém que me falava para eu não desistir. Estar aqui hoje é uma redenção para mim, estou muito feliz, não tem como explicar", declarou a atacante Mineira, uma das artilheiras do campeonato, com seis gols.

Os meninos fizeram um primeiro tempo muito disputado.

O gol só saiu no final da etapa, quando o Parque Santo Antônio abriu o placar.

O segundo tempo deu a impressão que o título seria conquistado com facilidade pela favela da Zona Sul de São Paulo, que abriu 3 a 0, logo nos primeiros minutos.

O Parque Santo Antônio chegou a fazer o quarto, mas foi anulado.

Depois disso, a Favelas do 1010 cresceu e conseguiu fazer dois gols e teve chance para empatar.

Mas a primeira Taça das Favelas São Paulo masculina ficou mesmo na Zona Sul paulistana.

Geovane, Vitor e Enzo fizeram os três gols da campeã, Pedro Rosa e Breno descontaram para a vice.

"Emoção indescritível fazer um gol no Pacaembu lotado. É mais do que a realização d um sonho. Agora é fazer muita festa na nossa favelas e comemorar com a família e os amigos", disse Geovane, eleito o melhor jogador da partida.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri