Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Itaquera mantém a freguesia no Majestoso

Juca Kfouri

2026-05-20T19:20:56

26/05/2019 20h56

O Corinthians jogou melhor que o São Paulo no primeiro tempo em Itaquera.

E foi para o vestiário vencendo por 1 a 0, gol de Pedrinho culminando uma boa jogada de pé em pé do ataque corintiano, logo aos 6 minutos, no primeiro chute ao gol e com a sorte de desvio em Arboleda.

Vagner Love brigou pela bola e deu para Fagner entregá-la para Pedrinho.

Mesmo atrás, o São Paulo não castigou Cássio nenhuma vez, a não ser numa falta batida por Reinaldo que o goleiro soltou e encontrou Arboleda em impedimento.

Tiago Volpi teve muito mais trabalho e a vantagem alvinegra era justa, nova vitória no Majestoso em Itaquera, além de três empates.

Fagner fazia uma partida impecável e Clayson e Pato eram duas nulidades.

Sem explorar os lados do campo, o Tricolor esbarrava no bloqueio alvinegro ao tentar entrar pelo meio.

E o Corinthians ameaçava nos contra-ataques, apesar de forçar demais a ligação direta para Vagner Love, sempre batido por Arboleda no jogo pelo alto.

Ninguém mudou para o segundo tempo, sinal de que os treinadores estavam satisfeitos. Ou conformados.

Cuca chamou Hernanes, aos 13', e sacou Everton, que saiu bem insatisfeito.

Love se matava, mas não jogava bem com a bola nos pés.

Sornoza também se matava, e jogava bem, além de mostrar uma garra até então não revelada.

Pato seguia inútil, como se o São Paulo jogasse com dez.

Danilo Avelar distribuiu chapéus aos 20' e a Fiel enlouqueceu.

Igor Gomes substituiu Igor Vinicius, aos 24'.

Um lançamento de Tiago Volpi encontrou Pato livre pela esquerda, ele matou no peito e quando ia finalizar foi desarmado por Fagner.

Pedrinho foi embora para Mateus Vital jogar aos 27'.

Helinho no lugar de Vítor Bueno, aos 34'.

E Gustagol no de Love, aplaudidíssimo, aos 36'.

Nos minutos finais o São Paulo pressionou e Ramiro substituiu Clayson.

Pato, em impedimento, perdeu gol feito, assustado com Cássio.

Fagner, o melhor em campo, puxou contra-ataque e quase fez 2 a 0 de voleio.

Hernanes agrediu Sornoza e foi expulso nos acréscimos, mas o apitador cancelou o cartão ao ver o VAR.

Gustavo teve o segundo gol à disposição, dado por Vital, mas chutou em cima de Volpi.

No 12º Majestoso em Itaquera, com 39.670 torcedores, o Corinthians, invicto diante do rival, ganhou pela nona vez.

É para deixar são-paulino fulo da vida, que viu a invencibilidade cair na Zona Leste.

E corintiano feliz.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri