Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Aurora

Juca Kfouri

2018-05-20T19:00:00

18/05/2019 00h00

POR LUIZ GUILHERME PIVA

Era o que estava na Certidão: Ulisses. Vinha de um filme antigo, de homens fortes, que o pai vira, e assim lhe contara. Mas sempre foi Odi, o apelido cuja origem se perdeu.

Novo, quis sair da miséria rodando o mundo, que eram as roças e cidadezinhas perto. Sempre jogando bola. Ganhava pra comida, lugar de dormir, um par de sapatos.

Sem estudo, só com a Certidão – para ele ilegível– amarrotada dentro do plástico.

Começou a entrar nuns times, já ganhando uma coisinha aqui e ali. Mas sempre partia. A pé, de carona, com times visitantes, crescia e se distanciava; quanto mais longe, mais adulto.

E amores. Um deles, uma professora. Ela é quem leu seu nome e o sussurrou.

E contou-lhe a história do herói grego. E leu para ele trechos do livro, explicando a trama e algumas passagens.

Mas por pouco tempo. Deixou-a por outro time, outra cidade, derrotas e vitórias sem nenhuma importância.

Já mais velho, o tempo e a distância o conduziram a lugares que pareciam outro mundo.

O chute fraco, a cabeça inclinada, as costas baixas.

Depois sem amores, sem times, sem forças.

Teve que parar de jogar.

Dormindo no mato, comendo na estrada, mas ainda em frente, adiante, sempre ao contrário de onde viera.

Uma manhãzinha, claro-escuro, o sol no rosto o sobressaltou.

Parecia uma bola subindo aos poucos atrás do horizonte, fatia a fatia, até fazer-se redonda. Como as milhares que dominara, chutara, cabeceara – mas percebeu que aquela era indomável.

Que sua trajetória diária, repetida, é que o dominava.

Que o consumiria cada vez mais rápido.

Fechou os olhos e lembrou-se da professora, deitada em seu peito, depois da primeira noite – a manhã, como agora, surgindo na janela –, balbuciando: "Logo que a Aurora, de dedos de rosa, surgiu matutina".

Ergueu-se, bateu com as mãos a poeira do corpo.

Virou-se para o lado oposto ao da direção em que seguia.

Era hora de voltar.

________________________________

Luiz Guilherme Piva publicou "Eram todos camisa dez" e "A vida pela bola" – ambos pela Editora Iluminuras

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri