Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Em time que está perdendo não se mexe!

Juca Kfouri

2017-04-20T19:14:28

17/04/2019 14h28

POR ANTONIO CARLOS SALLES*

A equipe chegou a um marco histórico.

São 100 dias sem uma vitoriazinha expressiva sequer e o burburinho da torcida veio junto. 

Ainda são gritos um tanto quanto abafados. Protestos à meia-boca.

Muitos torcedores não querem reconhecer que apoiaram o técnico e os atletas que ele trouxe pra formar a equipe.

Mas vestir a camisa do time e sair às ruas, peito estufado, não mais.

Por enquanto, só a torcida organizada. 

A arquibancada, e principalmente a tribuna de honra, local dos ingressos mais caros, estão esvaziando a cada jogo.

O time desanda em campo mas o treinador não altera o bordão:
_ reforma o passe!
_ reforma o tiro de meta!
_ reforma o pé na forma!

E nada.

O jeito foi dispensar o auxiliar responsável pela educação técnica da equipe, um mestre em caneladas.

A coisa tá azeda.

Já teve jogador que se rebelou. 

Ameaçou contar tudo o que viu e participou no escurinho do vestiário. 

Por enquanto está na moita. 

Prometeram que será transferido para um time de expressão.

Aceita Roma, Paris, Madrid, talvez Berlim. Coisa grande.

Dirigentes, crônica esportiva e torcida perceberam que o treinador nunca foi boleiro de verdade.

Já foi chamado de peladeiro.

O currículo de vitórias era papo furado.

Passou anos ali perto do banco de reservas, observando. 

Ouvia as conversas mas eram táticas complexas, de gente experiente.

Fingia que entendia.

Mas como dizia o filósofo da bola, treino é treino, jogo é jogo.

Viajou.

Procurou se informar. Queria refrescar as ideias, motivar o time.

Até encontrou um "coacher", um cara parrudo, topete alto, tipo manda quem pode. 

Voltou sabendo tudo de baseball e de como tomar conta de campos de golfe.

Vida de treinador não é fácil.

Ou está no calvário, ou no carvalho.

*Antonio Carlos Salles é jornalista.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri