Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Timão maltrata o Vozão

Juca Kfouri

2013-03-20T19:23:48

13/03/2019 23h48

Lembra do famoso pênalti de Gil em Ronaldo Fenômeno num Corinthians x Cruzeiro no Brasileirão de 2010?

Pois hoje Manoel, do Corinthians, fez igual em Luiz Otávio, do Ceará, o que valeu o empate 1 a 1 no jogo pela Copa do Brasil.

O Corinthians havia saído na frente depois que Boselli ajeitou de cabeça para Júnior Urso abrir o placar também de cabeça.

Boselli estava ligeiramente impedido ao dar o passe para o gol.

Verdade que, minutos antes, Vagner Love tinha sido derrubado na área e o assoprador de apito não marcou o pênalti.

Chovia muito em Fortaleza, o gramado do Castelão, com 26 mil torcedores, estava pesado e os dois times faziam o que podiam, com os anfitriões mais perigosos.

Para sorte do Corinthians, no começo do segundo tempo uma bola sobrou na marca do pênalti para o centroavante cearense e ele mandou para fora.

O nome dele?

Ora, o nome dele é Roger.

Como quem não faz toma, num momento em que Cássio era acionado duas vezes, Sornoza fez lançamento primoroso para Vagner Love pela esquerda e ele não perdoou: 2 a 1, aos 18'.

Então, Fábio Carille descansou Sornoza e pôs Jadson depois de algum tempo fora do time.

E numa virada de jogo de Danilo Avelar, Jadson pegou de primeira pela direita da área e fez belo gol, o do 3 a 1, aos 26'.

Com o gramado em melhores condições o Corinthians trocava passes e assim fez seus dois gols no segundo tempo para poder perder por um gol no jogo da volta, dia 3 de abril.

O Vozão ainda criou duas boas chances para diminuir a diferença, mas as chutou para fora.

O Ceará perdia sua invencibilidade na temporada e o Corinthians praticamente garantia sua passagem à quarta fase, a última antes das oitavas de final, quando entrarão também os oito times da Libertadores, além dos campeões da Série B passada, da Copa do Nordeste e da Copa Verde, o Fortaleza, o Sampaio Corrêa e o Paysandu, respectivamente.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri