Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Flamengo e Inter 100% e bem

Juca Kfouri

2013-03-20T19:23:22

13/03/2019 23h22

O Flamengo não fazia um começo de jogo animador no Maracanã, com mais de 62 mil torcedores, até que, aos 8 minutos, em bela jogada de Diego, Everton Ribeiro fez 1 a 0.

O que se viu daí em diante até quase o fim do primeiro tempo, quando Diego Alves teve de pegar um pênalti sem o menor sentido feito por Diego, foi um show de ótimas oportunidades rubro-negras, nada menos do que cinco, duas delas incrivelmente desperdiçadas por Diego e por Gabigol.

O que poderia ter terminado com 3 a 0 e quase terminou 1 a 1 não tinha no 1 a 0 o placar que refletisse o jogo.

A LDU não era páreo, mas quase foi.

E o Rubro-Negro, que estreou na altitude e venceu o San José, completava seu sexto ponto.

Carimbou a vitória aos 69', quando já havia perdido outras duas chances e Bruno Henrique fez o pivô para Gabigol ampliar para 2 a 0.

Uribe entrou no jogo e em seu primeiro toque na bola ajeitou para dar o segundo e fazer 3 a 0 em passe de cabeça de Willian Arão, aos 82'.

De Arrascaeta só foi chamado por Abel Braga aos 85'.

No fim, Diego Alves teve de evitar um gol contra de Arão, porque está em fase excelente, embora não tenha conseguido defender outro pênalti, burramente feito por Trauco: 3 a 1.

Mesmo assim, festa no Rio.

E festa no Beira-Rio, com mais de 42 mil torcedores, onde o Grêmio foi o Inter.

Sim, era o Inter que mostrava o futebol que se esperava no rival.

Com os pés nas costas e com Nico em noite inspirada, o Colorado foi para o intervalo com 2 a 0 no marcador e o Beira-Rio feliz da vida.

Com gols aos 7 e 19 minutos o Alianza Lima era superado sem maiores dificuldades como se esperava.

Depois de passar pelo Palestino, no Chile, o time gaúcho obtinha sua segunda vitória com o pé nas costas.

Para o segundo tempo, talvez pensando no Gre-Nal, o Colorado administrou.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri