Topo
Blog do Juca Kfouri

Blog do Juca Kfouri

Categorias

Histórico

Acreditar em Ganso?

Juca Kfouri

2005-02-20T19:10:48

05/02/2019 10h48

O Fluminense, sob o comando do inovador Fernando Diniz, treinador em busca permanente da excelência, apóstolo do futebol bem jogado, traz de volta o ex-santista, ex-são-paulino, ex-sevilhano e com última passagem pelo pequeno Amiens francês, pelo qual jogou 14 vezes, não marcou gol algum e se limitou a dar três passes para gols.


Ganso, 29 anos, pé esquerdo capaz de fazer maravilhas, desapontou todos que cansaram de apostar nele. Este que vos escreve incluído.

Alguns até que o consideraram superior a Neymar quando ambos surgiram na Vila Belmiro e que não perdoaram Dunga por não tê-los levados para África do Sul, na Copa do Mundo de 2010.

Verdade que sucessivas lesões nos joelhos prejudicaram bastante a continuidade em alto nível de sua carreira.

Mas, além disso, o paraense, esguio como o conterrâneo Doutor Sócrates, parece se contentar com dois ou três lances brilhantes por jogo, como fazia o Magrão, algo que o futebol não comporta há anos.

A sensação passada por Ganso é a da quem já está muito feliz com a vida ganha, saciado, sem maiores ambições, incapaz de se empenhar pelas glórias do futebol, de correr atrás da bola como de um prato de comida, para lembrar do impagável Neném Prancha (1906-1976), "O Filósofo do Futebol", segundo mestre Armando Nogueira.

Pegue as declarações feitas pelo jogador em todas as transações: o Morumbi seria o ar novo que já faltava na Vila Belmiro; Sevilha, a porta de entrada da Europa; Amiens está pertinho de Paris, e do PSG, e o Rio de Janeiro, afinal, é o Rio de Janeiro. Além do mais, nada como herdar a camisa que já foi de Roberto Rivellino, acrescento. Pode ser.

Natural o entusiasmo do torcedor tricolor carioca, embora sob o enorme risco de ter frustração diretamente proporcional.

Basta dizer que a última grande aposta nele foi de ninguém menos que Jorge Sampaoli, responsável pela transferência ao Sevilla. Outro adepto do futebol que satisfaça o torcedor, o argentino desistiu de Ganso, dada a sua inapetência.

Diniz não é Sampaoli, até porque 14 anos mais moço, e faz movimento compreensível ao botar fichas num maestro para seu jovem time.

Mas pense em Ganso jogando em Moça Bonita, em Bangu, 40 graus à sombra, 50° ao sol. Imagine quando o salário atrasar.

Muricy Ramalho queria vê-lo na área, o estimulava a buscá-la, mas Ganso insistia em ter mais prazer no passe que no gol, direito sagrado desde que prova de entrega ao coletivo e não mera preguiça em se doar mais.

Quem não se matou para brilhar em Sevilla, das mais encantadoras cidades do mundo, a ponto de o poeta João Cabral de Melo Neto dizer querer morrer nela e escrever que "Sevilha é uma cidade intima. Você anda nas ruas de Sevilha como você anda no corredor de sua casa", sobreviverá a Bangu?
(Pura verdade. Dos prazeres de cobrir Copas do Mundo, a longa passagem por Sevilla, em 1982, é inesquecível.).

Se no Sevilla, um dos quatro maiores clubes da Espanha, Ganso se deu mal, por que esperar que no Fluminense, em 12º lugar no último Brasileirão, se dará bem?

Se conseguir, Diniz fará o país feliz.

Sim, não acredito em Deus, em Papai Noel, em duendes, unicórnios ou em PHG.

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999. Atualmente está também na ESPN-Brasil. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Mais Blog do Juca Kfouri