PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Categorias

Blog do Juca Kfouri

Santos, Ferroviária e a saudade

Conteúdo exclusivo para assinantes

Juca Kfouri

19/01/2019 18h59

Eu era criança e tinha um vizinho santista, apaixonado pelo time de Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.

Eis que em 1957, na Fonte Luminosa, a Ferroviária vencera o Santos por 3 a 2, num jogo cantado em prosa e verso por quem viu como um dos melhores do ano.

Um ano depois, jogo marcado para a Vila Belmiro, seu Francisco me convidou para ir ver a revanche.

E o Santos ganhou de 4 a 3, noutro jogaço, daqueles de fazer uma criança não esquecer jamais.

Em 1960, os dois times se enfrentaram duas vezes.

Em Araraquara, 4 a 0 para a Ferroviária; em Santos, 5 a 0 para o Santos.

Era uma festa.

O goleiro Rosan, o meio campista Dirceu, Dudu, que depois fez dupla histórica com Ademir da Guia na Academia palmeirense, o ponta-direita Faustino, depois do São Paulo, o meia Bazzani, depois do Corinthians, o centroavante Baiano, são nomes imortais em Araraquara.

Rosan é o goleiro na foto e Dirceu é o careca em pé; Faustino, Dudu, Bazzani e Baiano são os quatro primeiros agachados sempre da esquerda para direita

Hoje Santos e Ferroviária se enfrentaram na Vila pela primeira rodada do Paulistinha, diante de 8.616 pagantes.

A Ferroviária, em treinamento desde meados de dezembro, conseguiu segurar o 0 a 0 contra o Santos de Jorge Sampaoli, já sem Bruno Henrique, cedido ao Flamengo, até os 33 minutos do segundo tempo, quando Jean Mota fez o gol da justa vitória santista.

Não dá para tirar conclusão alguma do que se viu, além da preocupação praiana em ficar com a bola como quer o treinador argentino.

Mas deu uma saudade…

Sobre o Autor

Juca Kfouri é formado em Ciências Sociais pela USP. Diretor das revistas Placar (de 1979 a 1995) e da Playboy (1991 a 1994). Comentarista esportivo do SBT (de 1984 a 1987) e da Rede Globo (de 1988 a 1994). Participou do programa Cartão Verde, da Rede Cultura, entre 1995 e 2000 e apresentou o Bola na Rede, na RedeTV, entre 2000 e 2002. Voltou ao Cartão Verde em 2003, onde ficou até 2005. Apresentou o programa de entrevistas na rede CNT, Juca Kfouri ao vivo, entre 1996 e 1999 e foi colaborador da ESPN-Brasil entre 2005 e 2019. Colunista de futebol de “O Globo” entre 1989 e 1991 e apresentador, de 2000 até 2010, do programa CBN EC, na rede CBN de rádio. Foi colunista da Folha de S.Paulo entre 1995 e 1999, quando foi para o diário Lance!, onde ficou até voltar, em 2005, para a Folha, onde permanece com sua coluna três vezes por semana. Apresenta, também, o programa Entre Vistas, na TVT, desde janeiro de 2018.

Colunas na Folha: https://blogdojuca.uol.com.br/lista-colunas-na-folha/

Blog do Juca Kfouri