Blog do Juca Kfouri

Como vem o Corinthians para 2019

Juca Kfouri

O Corinthians será mais forte neste ano do que foi na temporada passada.

Se você analisar friamente os resultados do Alvinegro em 2018 verá que não foi um fiasco: campeão do Paulistinha na casa do rival Palmeiras e vice-campeão da Copa do Brasil ao eliminar o Flamengo nas semifinais.

Ou seja: foi capaz de derrotar os dois clubes de maior investimento no país.

Mas se você analisar o desempenho, a história é outra, porque raramente o time jogou bem e só o fez quando ainda sob o comando de Fábio Carille, além de ter namorado a zona do rebaixamento no Brasileirão, com Osmar Loss e Jair Ventura.

Tudo indica que neste ano será diferente.

A começar pela volta de Carille que já mostrou ser capaz de tirar leite de pedra.

A continuar pelo fato de que a pedra se ainda não é preciosa é, ao menos, bem mais lapidada.

O Corinthians fez sete contratações até agora: o lateral-direito Michel Macedo, os volantes Richard e Ramiro, o meia Sornoza e os atacantes André Luis, Gustavo Silva e Mauro Boselli. 

Desses, quatro chegam para ser titulares: Richard e Sornoza, que vêm do Fluminense, Ramiro, do Grêmio e Boselli, argentino que chega do México, onde brilhou no Léon.

Bem organizado como Carille é capaz, é time para tentar beliscar pelo menos uma das três taças que disputará em sistema de mata-mata: o Paulistinha e a Copa do Brasil, menos prováveis, e a Taça Sul-Americana.
Comentário para o Jornal da CBN desta quinta-feira, 10 de janeiro de 2018.