Blog do Juca Kfouri

O que esperar de Sampaoli no Santos

Juca Kfouri

Jorge Sampaoli se aproxima da Vila Belmiro, no que pode ser uma interessante experiência para o Santos de DNA ofensivo, como se diz.

Pena que não serão poucas as barreiras que o treinador argentino terá de enfrentar para se dar bem no futebol brasileiro.

A começar pela ciclotimia do presidente santista, José Carlos Peres.

Não há quem permaneça a seu lado ou abaixo dele, a começar de seu vice-presidente, “Armando” Rollo, ainda pior.

Mas nem Gustavo Oliveira, que não durou 46 dias, nem William Machado, que não ficou cinco meses , nem Ricardo Gomes, que não suportou três, aguentaram trabalhar como executivos de futebol com Peres no comando.

O técnico Cuca, independentemente de seu problema de saúde, também não ficaria, contrariado com as intromissões e vazamentos do folclórico cartola.

Sampaoli fez excelente trabalho na seleção chilena campeã da América em 2015, assim como no Sevilla, que deixou para assumir a seleção argentina, onde naufragou na Copa da Rússia.

De lá para cá estava desempregado e tem oferta de 700 mil reais para assumir o endividado alvinegro praiano.

O desafio de dar certo no amalucado futebol nacional não é pequeno, como tantos técnicos estrangeiros que recentemente se deram mal por aqui.

Porque a exigência de resultados imediatos é tudo a que um recém-chegado não deve ser submetido.

Como Sampaoli não é exatamente um cara normal, talvez dê certo.

Para a loucura de nosso calendário, e doido por doido, louco e meio.