Blog do Juca Kfouri

Filme encerra festejos dos 100 anos do Botafogo F.C.

Juca Kfouri

O filme “Botafogo 100 anos de Amor e Glórias”, produzido pelo jornalista Igor Ramos, encerrará a série de eventos realizados ao longo de 2018 em comemoração ao centenário do Botafogo F.C, de Ribeirão Preto.

O documentário de longa duração será exibido neste sábado, em sessão única às 10 horas na Sala 1 do Cinema UCI do Ribeirão Shopping, com entrada franca.

“Botafogo 100 anos de amor e glórias”, retrata a história do Botafogo desde a sua fundação até os dias atuais.

Alguns dos principais jogadores da história do clube contam suas passagens com a camisa tricolor. O documentário aborda também a fundação e as principais conquistas do clube, como o título de campeão da Taça Cidade de São Paulo, em 1977, o Campeonato Brasileiro da Série D em 2015, além dos vices da Série C em 1995, Série B em 1998 e do Campeonato Paulista em 2001.

Com duração de uma hora e 40 minutos, o filme traz imagens inéditas e depoimentos de mais de 30 ex-atletas, entre os quais, Antoninho, Zuíno, Henrique Sales, Carluci, Manoel, Aguilera, João Motoca, Ney, Arlindo Fazolin, Geraldão, Raí, Paulo Egidio, Nelson Bertolazzi. Doni, Cicinho, Leandro, Rogério, Bell, entre outros.

Além de arquivos com Sócrates, Zé Mario Baroni e Tiri.

“Foram quase dois anos de trabalho, com dezenas de entrevistas e uma busca incessante por imagens de arquivo, entre as quais alugmas inéditas filmadas em Super8 nos anos 50 e 60”, conta Ramos, que realizou seu segundo filme sobre o Botafogo (em maio do ano passado lançou “77 Eternos Campeões”, premiado no Festival de Cinema – Cinefoot).

“Desta vez a missão foi mais complexa, pois contar uma história tão rica ao longo de 100 anos trouxe um desafio muito grande em não cometer injustiças e ao mesmo tempo tentar contemplar o maior número de entrevistas com jogadores. O foco do documentário são os jogadores e as conquistas esportivas. Infelizmente não é possível colocar tanta gente no filme, mas de uma forma geral, os que participam representam bem as dezenas de gerações de craques que vestiram a camisa do Botafogo”, conta o documentarista.

Destaque para os grandes ídolos botafoguenses, Sócrates, Zé Mario Baroni e Raí, cujas trajetórias são contadas em detalhes.

Elba de Pádua Lima, o Tim, Machado, Eurico, Baldochi, entre outros nomes revelados pelo Botafogo também marcam presença no documentário.

Serviço

Botafogo 100 anos de Amor e Glórias

Documentário longa duração – 1h45m

Sessão exclusiva – Sábado (15 dezembro) 10h

Sala 1 Cinema UCI – RibeirãoShopping

Entrada gratuita