Blog do Juca Kfouri

Deu zebra, River! Deu Al Ain!!!

Juca Kfouri

Sem nada a perder, o Al Ain começou o jogo para cima do River Plate.

E logo de cara, aos 2 minutos, em cobrança de escanteio, uma cabeçada no primeiro pau abriu o placar para o time dos Emirados Árabes.

O River não se abalou e virou o jogo em 16 minutos, com dois gols do colombiano Santos Borré, o primeiro aos 10′.

Parecia o fim do jogo.

Só parecia.

Porque a equipe emiradense, aos trancos e barrancos, veloz e com lances toscos, não desistiu.

Chegou a empatar no derradeiro minuto do primeiro tempo, mas o VAR flagrou um impedimento, o mesmo VAR que desconheceu um pênalti claro para o time árabe no primeiro tempo.

Aconteceu que no começo do segundo tempo, o brasileiro Caio, ex-São Paulo, empatou em belo gol e o River teve de voltar à luta.

Criou chances, evitadas pelo baixinho goleiro (1,76m) do time da casa, e chutou um pênalti no travessão.

Aí, os argentinos enervaram-se.

E o jogo foi para a prorrogação, depois de cinco minutos de acréscimos no segundo tempo.

Ou seja, moleza nem pensar!

O futebol está muito igual pelo mundo afora.

Mais um sul-americano penava na semifinal…

Não era possível que o River não se impusesse na prorrogação.

Mas fato é que não se impunha e o primeiro tempo terminou em branco.

Acredite você ou não, a grande chance surgiu ao faltarem três minutos e nos pés emiradenses, com grande defesa de Armani.

Por pouco o River não teria nem a chance dos tiros livres da marca do pênalti…

Que vieram.

Quem diria?

Admita: este blog, ao menos, suspeitou…

E mantém a suspeita para amanhã entre Real Madrid e Kashima Antlers.

Caio bateu e fez 1 a 0 para o AA.

O RP empatou.

O AA fez 2 a 1.

O RP empatou.

O AA fez 3 a 2.

Lucas Pratto empatou.

O AA fez 4 a 3.

O RP empatou com Borré.

O AA fez 5 a 4. Que frieza!

Pérez perdeu! O goleirinho pegou.

Festa nos Emirados!

Festa na Boca!

Já imaginou se o Al Ain ganha o Mundial?

Sem ter vencido a Libertadores?!!!

Quer dizer, a Copa dos Campeões Asiáticos…

Sim, não será a primeira vez.