Blog do Juca Kfouri

Por San Martín, entre los xeneizes e los millonarios

Juca Kfouri

Se eu fosse só brasileiro, falaria aqui dos dois clássicos deste sábado pelo campeonato nacional, em Itaquera e no Engenho de Dentro, às cinco horas da tarde e às sete da noite.

À tarde, na Arena Corinthians, o Majestoso, entre Corinthians e São Paulo, ótima chance para o Tricolor, enfim, bater o desmanchado rival pela primeira vez na casa alvinegra, pois até hoje apenas empatou duas vezes e perdeu seis.

À noite, no estádio Nilton Santos, Botafogo e Flamengo, o Glorioso em busca de se afastar da degola e o Rubro-Negro ainda sonhando com o heptacampeonato.

Acontece que às 6 horas no horário de verão brasileiro, na Bombonera, em Buenos Aires, Boca Juniors e River Plate começarão a decidir a Copa Libertadores da América.

Ou seja, quando estiver começando o segundo tempo em São Paulo, será dado o pontapé inicial do Superclássico portenho.

E quando estiver começando o jogo no Rio, começará o segundo tempo na Argentina.

Como além de brasileiro, soy loco por ti fútbol, e provavelmente nunca mais verei uma decisão continental entre os dois clubes de maior rivalidade nas Américas, um jogo que demorou 58 anos para acontecer, não tenho dúvida sobre qual deva ser minha prioridade.

Neste sábado serei argentino desde criancinha.

Por San Martín, entre los xeneizes e los millonarios.